Beatles. Rouba a banco. A sensualidade de Dakota Johnson. Espiões, assassinos, gângsters. Vício em heroína. Seja lá o tipo de filme que você curte, fevereiro tem opções para todos os gostos. Eis as estreias do cinema no Brasil para este mês que nos deixaram mais animados:

THE BEATLES: EIGHT DAYS A WEEK

Quando John Lennon disse que os Beatles eram “mais famosos do que Jesus”, ele não estava brincando. O filme acompanha a trajetória da banda mais idolatrada de todos os tempos, com várias entrevistas e filmagens inéditas. Simplesmente imperdível para quem gosta de música.

A QUALQUER CUSTO

Um filme de faroeste moderno com 4 indicações ao Oscar, estrelado por atores como Jeff Bridges e Chris Pine, sobre a relação de dois irmãos que decidem realizar uma série de roubos a banco para salvar o rancho da família, não poderia faltar em nossa lista.

CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS

O primeiro filme foi ruim? Sim. O segundo vai ser ruim? Provavelmente. Mesmo assim a sensualidade de Dakota Johnson faz valer a pena.

ALIADOS

Dizem os boatos que o casamento de Brad Pitt com Angelina Jolie terminou porque ele a traiu com Marion Cotillard durante as gravações de “Aliados”. Mas isso não vem ao caso. No filme, Brad Pitt interpreta um espião inglês durante a Segunda Guerra Mundial que se apaixona por uma francesa da resistência e casa com ela. Só que, algum tempo depois, o serviço secreto britânico começa a suspeitar que ela é uma agente alemã.

JOHN WICK – UM NOVO DIA PARA MATAR

“John Wick não é o Bicho Papão. Ele é o cara que você chama para matar o Bicho Papão”. Quem viu o primeiro filme deve se lembrar desse diálogo. Na continuação, o hitman mais mortal dos EUA deixa a aposentadoria mais uma vez para derrubar uma organização internacional secreta. Adrenalina do começo ao fim.

T2 TRAINSPOTTING

Em 1996, Danny Boyle dirigiu um dos maiores filmes britânicos de todos os tempos: “Trainspotting”, sobre a história de um grupo de amigos viciados de heroína. Vinte anos depois, o longa ganhou uma sequência com o elenco original, incluindo Ewan McGregor. Se você ainda não assistiu o primeiro, confie em nós: vale a pena.

A LEI DA NOITE

Honestamente, o filme não foi muito apreciado pela crítica ou pelo público. Mas histórias de gângsters da Lei Seca, na década de 1920, costumam valer o preço do ingresso, em nossa humilde opinião. Além disso, os figurinos sempre são incríveis.