Afinal, vale mais a pena comprar ou alugar um apartamento?

Afinal, vale mais a pena comprar ou alugar um apartamento? Esse é um dilema que passa na cabeça de todo homem que está pensando em sair da casa dos pais.

Muita gente acha que o aluguel é um “desperdício de dinheiro”, porque não interessa quantos anos você fique pagando para morar no imóvel, nunca será dono dele.

Mas esse é um conceito equivocado, senhores.

Assisti ontem um excelente vídeo do consultor financeiro Gustavo Cerbasi, um dos maiores especialistas do Brasil no assunto. O cara tem nada menos do que 15 livros publicados, entre eles o best-seller “Casais inteligentes enriquecem juntos”.

O vídeo é bem curtinho, são menos de 5 minutos. Dá só uma olhada no que ele tem a dizer:

A grande vantagem de alugar, segundo Gustavo, é manter a flexibilidade enquanto quer mudança na vida. Quando você compra um imóvel, assume um custo fixo que vai limitar as suas escolhas.

Como a prestação é mais alta do que o aluguel — e a condição de pagamento dura anos ou até décadas — você terá pouco espaço para ousar na carreira.

Você mora em São Paulo e pintou uma vaga interessante no Rio de Janeiro? Cansou do seu trabalho e quer se arriscar em outra área? Apareceu um convite para um cargo promissor numa startup, mas que atualmente paga um salário menor do que o seu?

O seu comprometimento com a parcela da casa vai deixá-lo imobilizado e você terá que rejeitar todas essas oportunidades.

Mais um argumento de Cerbasi, que ele abordou em outro vídeo, é que quando você faz o financiamento de um imóvel, está “alugando” dinheiro emprestado do banco com taxas de juros altíssimas.

A melhor opção para homens jovens, portanto, é alugar um apartamento para manter a flexibilidade em suas vidas e, se estiver com dinheiro sobrando, fazer investimentos para daqui uns 10 ou 15 anos ter condições de compra melhores.