A arte da persuasão: 4 princípios para ser mais convincente em suas ideias e opiniões

Conhece alguém que usa a força, o grito e a intimidação para conseguir se impor? Também será possível lembrar daqueles que preferem silenciar diante de alguém que pensa diferente, para fugir da discordância e, assim, satisfazer o outro.

Felizmente esses dois exemplos de atitudes estão cada vez mais descontextualizados. O desenvolvimento de uma sociedade e de suas instituições coloca a capacidade de dialogar como meio eficaz de resolução de problemas.

Por isso, uma das habilidades mais valorizadas nos perfis profissionais tem sido a persuasão. Indivíduos persuasivos são fortemente argumentativos e focados. Por isso, conseguem convencer pessoas, ao invés de balançar a cabeça afirmativamente só para agradar ou ainda buscar sobressair por meio do “soco na mesa” ou do “dedo em riste”.

A persuasão pode e deve ser desenvolvida como um belo diferencial para a sua carreira. Para isso, será necessário aprofundar-se na arte do debate a fim de aprender a lidar com a contradição e até mesmo gostar de situações desse tipo, enxergando-as como desafios.

Se você deseja incrementar seu grau de persuasão, siga algumas recomendações práticas:

1# CONHECIMENTO

Se a palavra chave da persuasão é convencer, você precisará construir um profundo domínio técnico dos temas que estarão sendo debatidos. Do contrário, seus argumentos serão facilmente neutralizados por alguém que tenha conhecimento mais sólido.

pesuasivo2

2# CONTROLE EMOCIONAL

O controle emocional será um ingrediente chave durante o diálogo. Pessoas que não sabem lidar com suas reações emocionais dificilmente conseguirão manter o equilíbrio, correndo o risco de deixar a racionalidade de lado, partindo para o abandono da questão ou para a violência.

3# OBJETIVIDADE

Para persuadir não é necessário falar muito. Ser objetivo na comunicação interpessoal, fundamentando sua argumentação em evidências, fatos ou dados tornará o debate mais agradável e fluido. Esse tipo de comunicação é chamado de assertividade, sendo amplamente valorizada no mundo corporativo.

4# HUMILDADE

Não encare o conflito de pontos de vista como uma batalha a ser vencida. Convencer alguém de algo não quer dizer que você foi superior ao seu interlocutor. A humildade será fundamental para que seus argumentos sobressaiam mais que você, garantindo que os relacionamentos interpessoais sejam preservados, apesar das diferenças de opinião.