As lições dos LOBOS sobre o mito do Macho Alfa

O que significa ser um macho alfa?

“Ah, é aquele cara dominante e controlador”, você deve estar pensando. “Ele é fortão ou tem status elevado, por isso intimida os outro. E quando alguém entra no seu caminho, fica bem agressivo.”

O negócio é que existe um grande estereótipo em torno do macho alfa, como se ele fosse o “homão de verdade” e o pobre macho beta um coitado submisso.

Por isso existe uma pressão social para os homens agirem deste “modo alfa” e falhar nesta tarefa seria, digamos assim, um atestado de fracasso.

Mas prepare-se para uma revelação surpreendente, caro leitor: tudo o que você acredita saber sobre ser (ou não) um macho alfa está errado.

OS LOBOS E SUAS ALCATEIAS

Antes de mais nada, vamos falar um pouco sobre a origem da expressão.

Este termo “alfa”, ou “alpha” no grego original, foi desenvolvido por meio de estudos com animais, especialmente os lobos, porque eles vivem em estruturas familiares semelhantes às humanas.

Como o lobo é um animal territorial e que vive de caçar, criou-se uma concepção equivocada de que o lobo alfa é um animal agressivo até o último pelo do seu corpo.

Sendo assim, nada mais justo do que um homem tentar reproduzir essa atitude para ser um autêntico alfa também, né?

Acontece que observações recentes sobre as alcateias de lobos revelaram que os lobos não agem exatamente como esse estereótipo popular sugere.

AGRESSIVIDADE PARA QUÊ?

O ecologista e professor Carl Safina escreveu um artigo excelente no jornal “El País” explicando essa interpretação errada do lobo alfa.

“Os machos que comandam [a alcateia] não o fazem de maneira forçada, nem dominante, nem agressiva para com aqueles que o rodeiam”, ele escreveu. “Os lobos autênticos não são assim.”

Safina cita na matéria uma conversa que teve com o guarda florestal Rick McIntyre, que estuda há 15 anos a espécie.

“A principal característica de um lobo macho alfa é uma discreta confiança e segurança sobre si mesmo”, disse McIntyre a ele.

“Sabe o que tem de fazer; sabe o que é melhor para sua alcateia. Dá exemplo. Sente-se à vontade. Exerce um efeito calmante”.

Em outras palavras, o macho alfa não é agressivo, porque não precisa ser. Como um homem confiante que não tem nada a provar para os outros.

BONDADE E LEALDADE

O lobo sabe ser firme se necessário. Quando a sua alcateia está sendo ameaçada, ele a defende ferozmente.

Essa é a marca do lobo alfa, diz Safina: uma grande bondade, lealdade, generosidade e dedicação com os membros do seu grupo.

A agressividade fica reservada para os indivíduos de fora que vêm perturbar a paz da alcateia.

Já que o ser humano vem usando os lobos como o modelo de conduta exemplo há muito tempo, nada mais justo do que corrigir esse estereótipo equivocado de macho alfa agora que aprendemos melhor sobre a real atitude deles.

O verdadeiro macho alfa, resume Safina, é aquele sujeito confiante, que dá o exemplo, respeita as mulheres, demonstra generosidade e tem uma devoção fiel com aqueles à sua volta.

Entendeu?

VÍDEOS EM DESTAQUE