Uma pesquisa recente comprovou um fato que, bem, todo mundo já sabia: quem faz sexo com regularidade é mais feliz.

Grande novidade, né? Mas, justiça seja feita, eles trouxeram um fato surpreendente em relação à frequência que os casais mais felizes transam.

Se você tivesse que chutar, o que diria? Diariamente? Duas vezes por dia? O dia inteiro? Desculpa decepcionar, mas a resposta correta é uma vez por semana.

O estudo do jornal Social Psychological and Personality Science coletou informações de 25 mil pessoas ao longo de 40 anos para chegar a essa conclusão.

“SEXO É COMO DINHEIRO”

Segundo Amy Muise, a líder da pesquisa, os filmes propagaram a teoria de que o segredo da felicidade é fazer sexo em abundância. E as coisas não são exatamente assim, ela diz. Uma vez por semana é o suficiente.

Mas uma boa notícia para os casais fogosos? Transar mais do que isso não diminui a felicidade.

Tipo aquela história do salário, que os economistas Daniel Kahnemann e Angus Deaton descobriram: ganhar mais dinheiro traz mais felicidade até a cifra de US$ 75 mil por ano, a partir disso não faz diferença.

Transar com uma frequência inferior à semanal, por outro lado, realmente afeta o bem-estar das pessoas. Moral da história? “Sexo é como dinheiro”, diz Amy. “Apenas pouco é ruim.”

FONTES: Time e Huff Post