Por que todo homem deveria manter um diário de bordo

Eu nunca conheci alguém que mantivesse um diário de bordo.

Pô, isso é coisa de marinheiro, não? Realmente. Na essência, ele é um documento de controle de viagem, para ajudar a superar os problemas que você encontra no mar.

Mas assim como ele é útil para os marujos fazerem um registro dos acontecimentos mais importantes do dia, também pode ser muito valioso para nós.

Me dei conta disso, pela primeira vez, ao ler uma matéria do The Art of Manliness citando grandes homens adeptos do diário.

Exemplos? Theodore Roosevelt e Thomas Jefferson, dois presidentes notáveis dos EUA. Charles Darwin, o responsável pela Teoria da Evolução. Winston Churchill, que liderou a Inglaterra na vitória sobre o Nazismo. John Rockefeller, o homem mais rico da história.

Fui me aprofundar no tema. Vi que Andy Warhol, Ernest Hemingway, Kurt Cobain, George Lucas, Thomas Edison, Beethoven, Leonardo da Vinci e outros gênios também faziam isso.

Não é possível isso ser uma coincidência, né? Se eles todos faziam, é porque tem alguma coisa aí.

SOBRE O QUE ESCREVER?

O fato é que o diário de bordo não deve ser um relato do seu dia-a-dia, no qual você escreve sobre os seus segredos, sentimentos, etc. Isso seria mais um diário íntimo.

Se você quiser, pode até seguir essa linha também. Mas as possibilidades são muito maiores se você abrir a sua cabeça:

➤ IDEIAS: A nossa memória é bem limitada. Uma ideia que você teve hoje, se não for colocada logo em prática, provavelmente será esquecida em poucos dias. Ao manter um diário de bordo, é possível registrar pensamentos que merecem a sua atenção futura.

➤ CONQUISTAS: Enquanto as nossas falhas e erros, que são algo natural da vida, ficam vívidas em nossa lembrança por muito tempo, é fácil esquecermos das conquistas. Relembrar os nossos acertos é ótimo para a autoconfiança.

➤ OBJETIVOS: Ao anotar os seus objetivos e planos, a chance de você concretiza-los é bem maior. Inclusive existe um estudo que provou isso.

➤ TAREFAS: Ter uma lista de tarefas é algo que ajuda (e muito) a organizar a nossa vida. O diário de bordo é um lugar perfeito para gerenciar seus afazeres.

➤ APRENDIZADO: Escrever as coisas ajuda no aprendizado, especialmente se for a mão, pois obriga você a se focar no pensamento. Sendo assim, você pode anotar as lições relevantes adquiridas ao longo da vida e revê-las sempre que quiser.

Agora deu para perceber que não é uma coisa só de marinheiro, né?

Isso sem contar que manter um diário de bordo traz benefícios como reduzir o estresse, desenvolver a criatividade e melhorar a capacidade de comunicação, segundo estudos.

COMO ADOTAR O HÁBITO?

Essa é a parte mais difícil: como adotar o hábito? Faz parte da natureza humana começar as coisas e não terminá-las. Então é tudo uma questão de força de vontade.

Não fique desmotivado se, por alguma razão, você começar a escrever e esquecer durante um tempo. É melhor voltar do que desistir de vez.

O ideal é manter o diário de bordo sempre ao seu lado — pode ser até um simples bloco de notas — para não deixar os pensamentos importantes do dia passarem batido.

Você também pode reservar algum momento do dia, por exemplo antes de dormir, para rever as anotações do dia e acrescentar o que achar mais necessário.

Portanto, não tenha medo de colocar seus pensamentos no papel, caro leitor. Isso vai trazer mais clareza mental a você e ajudá-lo a crescer como homem.

Lembre-se de que você estará na companhia de nomes como Hemingway, da Vinci e Beethoven.

VÍDEOS EM DESTAQUE