Como respirar corretamente durante a musculação?

Ao fazer exercício na academia, as pessoas costumam se preocupar muito com a amplitude do movimento, a velocidade de execução, o tempo de intervalo entre as séries — e esquecem de prestar atenção ao controle da respiração.

Isso é um erro. Uma respiração adequada, além de melhorar seu rendimento e trazer maiores resultados estéticos e posturais, vai assegurar que você tenha uma prática saudável e sem riscos.

Por outro lado, um mau controle da respiração pode sobrecarregar o coração no trabalho de bombear sangue para o corpo.

Antes de mais nada, é importante não segurar a respiração, executando assim a chamada “manobra de Valsalva”.

Quando prendemos a respiração durante o exercício, acaba acontecendo uma elevação da pressão arterial, dificultando o trabalho do coração.

No caso de hipertensos, a preocupação dever ser ainda maior, pois, se não houver este controle da respiração ao longo da prática, o aumento da pressão pode resultar em um problema mais grave.

Como respirar corretamente, então? A melhor forma é assim:

  • Expirar no levantamento do peso (fase concêntrica)
  • Inspirar no retorno à posição inicial (fase excêntrica)

Sem prender o ar em nenhum momento, ok? E na execução ideal, o movimento do exercício deve ter a mesma velocidade que a respiração.

Apesar de complexo no início, assim que a respiração estiver em sincronia natural com a repetição, você sentirá ganhos tanto em força quanto na melhora do controle da pressão durante o exercício.

Então, para o seu próprio bem, não renegue essa técnica vital à saúde e essencial ao rendimento dos exercícios.