O ano virou e lá vem as infernais resoluções. Ninguém aguenta mais ver as listas no Facebook dos amigos sem noção. Ou pior, dos amigos com noção de mais, idealizando sempre as mesmas coisas.

Mas, temos que dizer, uma resolução em especial nos fez acreditar novamente na graça da brincadeira.

Estamos falando do 30 Day Masturbation Challenge – ou, literalmente, Desafio dos 30 Dias de Masturbação.

Ok, eu sei que você provavelmente não precisa ser desafiado para isso, mas acontece que esse programa é voltado para mulheres – porque muitas delas, sim, precisam.

Sabemos que os tabus levaram as mulheres a serem reprimidas sexualmente. Ainda que as ideias estejam em movimentação para que a realidade seja diferente, elas ainda sofrem os resultados de séculos de inibição.

E esses resultados alcançaram até mesmo a diversão pessoal delas.

Senhoritas, por favor!

A ideia desse programa intensivo de 30 dias de masturbação é justamente favorecer a mulher a conhecer melhor seu próprio corpo e ganhar mais liberdade.

mastu

O material foi desenvolvido pela terapeuta sexual Vanessa Marin, que bolou um tipo de estimulação para cada dia. Então as mulheres terão mesmo um calendário a se seguir. Não é só um incentivo filosófico – é prático!

Tipo, no dia 1 deve-se praticar a estimulação diagonal com um dedo por 5 minutos. No dia 15 a mesma ação por 15 minutos. No dia 27 dois dedos no clitóris + dois no ponto G por 20 minutos. E por aí vai…

O material ainda proporciona alguns GIFs artísticos ensinando técnicas específicas, como a tal da estimulação diagonal.

Então, mulheres, se joguem no desafio. Sejam felizes!

E nós, o que temos com isso? Muito, senhores.

Primeiro, que uma mulher que conhece o próprio corpo é mais confiante e, portanto, o sexo flui com mais naturalidade. Além de ela saber nos guiar com mais segurança quando estivermos estimulando seu corpo.

Segundo, que uma pessoa que se masturba apresenta menos travas sexuais, o que favorece a possibilidade do orgasmo.

Terceiro, que nós queremos que as mulheres aproveitem mesmo os prazeres da masturbação.

Portanto, querida Vanessa, adoramos e apoiamos o seu desafio!