fbpx

A IMG quebrou paradigma e contratou um modelo plus size masculino

Thiago Sievers
Thiago Sievers Head de Parcerias

No começo do ano falamos sobre as modelos plus size, nova realidade no universo da moda. Agora as mulheres não precisam mais ter corpos adequados ao já conhecido padrão estético para assinar contratos com grandes agências.

E isso tem agradado muitas pessoas. A grande maioria das pessoas, eu diria.

Os homens, no entanto, ainda estão enquadrados no padrão do corpão: peitoral rasgado, six pack, braços definidos…

Só que não!

Há algum tempo que os modelos plus size masculinos têm pintado no universo fashion, mas ainda sem holofotes direcionados aos seus trabalhos, atuando mais como manquim de catálogos do que como modelos fashion.

Mas essa semana o jogo virou, porque a IMG Models, uma das maiores agências de moda, contratou o modelo plus size americano Zach Miko.

É a primeira vez que uma agência desse calibre soma à sua equipe um homem com perfil plus size.

Zach ficou famoso ano passado quando apareceu vestindo as roupas da Mossimo Supply Co., na loja de australiana de e-commerce Traget. Desde então ele vem chamando a atenção da internet — até que virou alvo da IMG.

A agência criou uma nova divisão de modelos que nomeu de “Brawn” (algo como “força física” em português). “Brawn passa uma mensagem positiva. Brawn é força física”, disse o presidente da empresa Ivan Bart. É a divisão plus size.

Ou seja, parece que eles pretendem quebrar o paradigma do padrão visual. Ou pelo menos dar um primeiro passo nesse sentido. Quem sabe?

Bart ainda emendou:

“A mensagem positiva do corpo e a diversidade de tamanhos é algo relevante e que continua na mente de todo mundo. Nós temos que estender essa conversa para os homens.”

Concordamos e assinamos embaixo, Bart!

Agora veremos quais serão os próximos episódios dessa história. Se os modelos masculinos seguirem o mesmo caminho das modelos femininas, então o futuro é promissor.