A importância dos obstáculos em nossa vida

Ah, os obstáculos… Ninguém gosta de tropeçar neles. Os problemas – e, consequentemente, os erros e os fracassos – costumam ser encarados pelas pessoas como uma catástrofe.

Ou você conhece alguém que gosta de enfrentar obstáculos? E ter problemas? E errar? E fracassar? Provavelmente, não.

Por isso eu gostaria de invocar John Kennedy. Num de seus discursos mais famosos, o presidente americano falou o seguinte: “A palavra crise, quando escrita em chinês, é composta por dois ideogramas. Um representa perigo. O outro, oportunidade.”

Bom, apesar de ter sido um grande líder, Kennedy não era exatamente um estudioso linguístico, e mais tarde descobriu-se que isso era um mito.

Mas o sentido por trás dessa declaração não poderia estar mais correto.

ZONA DE CONFORTO

Ninguém nasce um homem de ferro. Se quisermos virar um, precisamos batalhar muito ao longo da vida.

Agora pensa o seguinte: quando estamos na zona de conforto – ou seja, desprovido de dificuldades – qual é a nossa tendência? Nos acomodar, claro. Todo mundo é assim.

O que nos faz crescer e evoluir são os obstáculos. Eles nos obrigam a fortalecer a nossa musculatura interior; a pensar de uma maneira mais criativa; a descobrir o nosso verdadeiro potencial.

Alguém aí sabe como funciona o processo de hipertrofia na musculação?

Quando você puxa ferro, o exercício estressa as fibras musculares. Depois do treino, durante o período de descanso, o corpo vai trabalhar para se recompor e regenerar os músculos, deixando-os mais resistentes e fortes. É assim que a hipertrofia funciona.

BÊNÇÃO DISFARÇADA

Fazendo um paralelo com a vida, nós também precisamos de uma dose de estresse para nos fortalecer.

Não que viver estressado seja uma coisa boa, pelo contrário. O que quero dizer é que as pessoas ansiosas, em geral, ficam assim pela dificuldade em lidar com os problemas do cotidiano. Elas vivem atormentadas pelos obstáculos da vida.

Mas quando você passa a enxergar os obstáculos como uma oportunidade de desenvolvimento pessoal, passa a lidar de uma maneira mais tranquila e serena com eles.

Os desafios, no final das contas, são uma bênção disfarçada. E todos nós deveríamos aprender a abraça-los.

VÍDEOS EM DESTAQUE