O esporte, com exceção dos que se encaixam na modalidade intelectual, exige muito fisicamente dos atletas. Normalmente eles são levados ao extremo e, por isso, as lesões são bem comuns. É difícil saber de algum jogador que construiu uma carreira esportiva sem ter vivido tal situação.

Agora, se o esporte em si já é suficiente para fazer com que os médicos responsáveis pelos atletas fiquem em constante alerta, é prudente pedir para que estes sejam cautelosos em suas vidas fora do ambiente profissional. Quando isso não acontece, pode ter certeza, alguma lesão bizarra vai aparecer.

Assim como os atletas mundo afora são incontáveis, as burradas também são. Dessa forma, o que não falta são contusões grotescas no mundo esportivo. Selecionamos, então, aqueles que acreditamos ser os 10 maiores casos entre os atletas famosos.

9# Sergio Aguero

O que o atacante argentino estava fazendo na minimoto de seu filho? Não sabemos. Mas sabemos o que isso causou: uma contusão que o tirou do jogo contra o Sunderland e Stoke. É verdade que depois o jogador desmentiu a informação, alegando que foi somente um spray anestésico que causou a queimadura em seu pé. Mas já dizia o filósofo: onde há fumaça há fogo.

8# Santiago Canizares 

O goleiro seria o titular no gol da seleção espanhola, na Copa do Mundo de 2002, se não fosse um… vidro de loção pós-barba. Canizares deixou o objeto cair em seu pé, cortando o tendão de um dedo e impedindo que ele disputasse a competição daquele ano. Melhor para Casillas.

7# Darren Fletcher

Após um jogo contra o Lyon, Darren Fletcher, jogado do Manchester United, caiu desacordado no chão do vestiário do estádio Old Trafford. O motivo? Uma porta. A madeira caiu na cabeça do meio-campista (sabe-se lá como) e lhe presenteou com alguns pontos no cocuruto.

6# Mikhail Youzhny

No Miami Masters de 2008, em um ponto decisivo no jogo contra Nicolas Almagro, após 19 trocas de bola o tenista, na 20ª, parou na rede. Youzhny saiu balbuciando algo – que a minha leitura labial russa não foi capaz de compreender – e, súbito, aplicou três raquetadas na própria testa. O resultado foi uma faixa de sangue escorrendo lentamente pela sua face logo após os golpes.

5# Kim Clijsters

Clijsters foi a melhor tenista do mundo em 2003 – sua qualidade nas quadras é indiscutível. Mas quando o assunto é dança a moça fica devendo em habilidade. Numa festa de casamento, realizando o passo da galinha, a jogadora machucou o tornozelo provavelmente pisando no pé de alguém e ficou seis semanas sem poder jogar. Mas, tudo bem, é compreensível, afinal essa é uma dança profundamente técnica, não?

4# Kevin Johnson (Basquete)

Em um jogo contra o Portland Trail Blazers, o jogador marcou o ponto que deu a vitória ao seu time, o Phoenix Suns. Após o feito, houve uma comemoração efusiva e mais do que esperada entre os jogadores. Acontece que Charles Barkley, um jogador de 1,98 metros e quase 110 quilos, exagerou na comemoração e o abraço que deu em Kevin proporcionou uma lesão ao atleta. Um abraço, é brincadeira?

3# Carlos Tevez

Eu lembro que o box do banheiro da minha avó era equipado com alguns corrimãos parafusados nas paredes. Cresci achando que isso era coisa de velho – mas Carlito me mostrou que eu estava enganado. Quando era recém-contratado pelo Manchester City, o atacante adiou a sua apresentação no clube porque escorregou no chuveiro e machucou o tornozelo. Agora, vai saber o que ele realmente estava fazendo.

2# Alessandro Nesta

O zagueiro italiano parecia saber que devia se poupar fisicamente nos momentos de descanso, pois adorava jogar videogame – uma atividade aparentemente segura. O que ele não contava é que fosse romper o tendão do punho enquanto aproveitava o seu Playstation, lesão que o afastou dos campos por um mês.

1# David Seaman

O lendário goleiro inglês se machucou em um movimento clássico de hombre: se esticando para pegar o controle remoto. E não foi uma lesão qualquer – de alguma forma ele conseguiu quebrar um osso ao fazer isso. Na verdade, eu reconheço: ele teve muita raça. Normalmente eu espero que alguém apareça na sala para trocar de canal.