Como gerir a ousadia no trabalho? Um guia

Tomamos decisões o tempo todo: desde a escolha sobre o que comer no almoço até aquelas mais sérias, que podem mudar o rumo de nossas vidas.

Para muitos, decidir não é uma tarefa agradável.

Já viu como há gente que fica em pânico na hora de se posicionar entre várias opções? Quantos e quantos preferem pedir ajuda a terceiros diante de uma escolha que deveria ser estritamente pessoal?

Há quem adie a tomada de uma decisão importante por meses e até anos.

Esperar demais, recuar ou apenas contemplar o cenário, sem nada fazer, pode nos levar a perder preciosas oportunidades na carreira. Algumas delas, únicas.

No outro extremo estão as pessoas movidas por fortes impulsos. Com senso de urgência (bem) acima da média, eles decidem rápido e de forma destemida.

Toda essa coragem pode terminar mal; não é raro que os impulsivos se arrependam de suas escolhas impensadas, ainda que relutem em admitir isso.

Juntar os cacos do fracasso pode ser o fim daquela atitude de ousadia que todos admiram, mas que precisa ser bem gerenciada para que possamos tirar proveito dela.

decisão trabalho

O que nos resta, então?

Turbinar ou refrear a ousadia no trabalho?

Depende do seu perfil. Faça uma retrospectiva de suas últimas escolhas importantes na carreira – curso superior, estágio, MBA, emprego, promoção, transferência, mudança de área, pedido de demissão, abertura de negócio próprio.

Você tendeu mais à impulsividade ou se mostrou temeroso demais na maior parte delas? A ousadia é saudável quando administrada na dose certa.

O grande segredo para dizer um “sim” ou “não” movidos por convicção é desenvolver a capacidade de pensar por cenários.

Quando criamos essas “cenas de um futuro imaginário” podemos antever as consequências de nossas decisões, sem sofrer nenhum arranhão ou firmar compromissos precipitados.

É por isso que tanta gente pede um tempo para pensar e avaliar, antes de se posicionar sobre escolhas complexas.

Comece a treinar essa habilidade com pequenas decisões.

Vá fazendo pequenas incursões fora da sua rotina e veja como vai se saindo. Gerenciar a ousadia exigirá atenção constante, responsabilidade, uma dose de coragem, temperados por um desejo de chegar cada vez mais longe.