Como se dar bem no Tinder: as dicas de um profissional

Se você tem um smartphone e muita vontade de conhecer novas mulheres, com certeza já ouviu falar do Tinder, um aplicativo que tem feito muito sucesso entre as pessoas solteiras — ou nem tão solteiras assim…

Trata-se de uma plataforma de geolocalização onde você pode encontrar pessoas interessantes para iniciar uma conversa e, quem sabe, algo a mais na sequência. Se você quer dar um upgrade na sua vida amorosa com este aplicativo, tenho algumas dicas para você.

Como funciona

O Tinder funciona da seguinte forma: você se cadastra, recebe uma relação de mulheres que estão próximas a você, ou tem interesses em comum, e dá a elas um voto. Se essas mesmas mulheres também votarem em você, existe um “match”, e vocês podem começar uma conversa de forma privada a partir de então.

Por que está fazendo sucesso

O grande sucesso do Tinder é que ele tem facilitado muitos encontros e conversas com pessoas que têm as mesmas preferências – e isso faz com que o primeiro encontro não seja de conversas muito estranhas ou de alguma das partes não sabendo o que dizer, por exemplo.

Razões para usá-lo

Se você estiver à procura de mulheres interessantes para momentos divertidos (e, quem sabe, até um relacionamento duradouro) pode apostar no Tinder. Mas é preciso saber usar bem a ferramenta se o seu desejo for, realmente, conquistar uma mulher.

Como deve ser meu perfil?

Se você já tem um perfil no Facebook e se ligou em algumas dicas minhas para melhorar sua imagem nessa rede social, já está a meio caminho andado de se dar bem através do Tinder. O aplicativo permite que você coloque três fotos suas: então, é bom caprichar. Nada de colocar aquelas fotos de longe em que mal dá para te ver ou selfies bizarros que eu tenho visto por aí. Coloque fotos do seu rosto em evidência, de preferência com um belo sorriso.

As suas fotos

Se você for colocar alguma foto de corpo, cuidado com a roupa. Ela deve refletir muito bem sua personalidade. Não adianta colocar uma foto de terno e gravata no Tinder, mostrando um perfil super executivo, se na vida real você só anda de bermuda e chinelo. O aplicativo pode até ser digital, mas por lá também qualquer mentira tem perna curta. Outra dica importante: evite postar fotos com outros amigos, senão a mulher pode se perder e acabar gostando mais do seu amigo.

Identifique suas preferências

Outro dia ouvi um amigo dizer que se sentiu frustrado com um encontro do Tinder. A menina era bacanérrima na conversa, mas no encontro ao vivo ela era muito maior do que ele, e a estatura acabou deixando a garota decepcionada. Muitas mulheres têm esse problema com altura (e outros mais), portanto é sempre bom colocar suas preferências no seu perfil. Não precisa dizer que só quer mulher baixinha, por exemplo, mas é de bom tom colocar sua altura no perfil, caso isso possa ser um impeditivo.

A vantagem do filtro

O Tinder é uma ótima forma de filtrar os tipos de mulher que você quer conhecer, então não deixe essa oportunidade passar em branco – e, principalmente, não dê o seu “curtir” para todo mundo. É bom ter um critério na seleção das mulheres que te interessam para evitar encontros que não possam dar em nada, além de uma noite. A menos, claro, que esse seja exatamente o seu objetivo.

Dá pra namorar pelo Tinder?

Pelo aplicativo é difícil, mas dá para levar uma conversa virtual para o real e, na vida real, fazer o sentimento durar. Tenho um amigo que conheceu uma garota pelo Tinder e está namorando com ela há quase um ano, agora. Mas, nesse caso, a regra é clara: começou a namorar, saia do Tinder. Ou prepare-se para muitas dores de cabeça e DRs intermináveis sobre porque você continua em uma rede social que foi feita para solteiros.

* * *

Saiba mais sobre o livro Código da Atração, de Eduardo Santorini