Pulseira é um acessório bem importante na moda masculina e já falamos bastante sobre esse item aqui no site. Contudo, é importante falar sobre os combos de pulseiras, que nada mais é do que usar mais de uma pulseira ao mesmo tempo. Então se você já está com duas pulseiras, já podemos dizer que está com um combo, apesar de ser um combo bem discreto.

Agora, só cuidado para não pesar muito na mão e acabar exagerando na quantidade de pulseira que combina. Dependendo da grossura dos acessórios, 3, 4 pulseiras já está no limite. Mas, de forma geral, não há regras. Só é importante lembrar: quanto maior o combo, mais despojamento você vai trazer para o seu visual. Então se você quer ficar mais elegante, mais alinhado, evite os combos e prefira algo mais discreto e minimalista.

Então vamos falar mais sobre as combinações, começando pelos materiais.

Combinar o mesmo material em um combo é uma maneira segura de começar a explorar esse universo. Combine pulseira de couro com pulseira de couro, pulseira de pedra com pulseira de pedra, pulseira de aço com pulseira de aço e assim por diante para ganhar segurança primeiro, e aí depois comece a mesclar os materiais. Apenas não se esqueça que quanto mais incomum for a combinação que você estiver fazendo, menos versatilidade e mais personalidade você vai agregar.

Outra coisa importante é você usar pulseiras que, ainda que sejam produzidas em materiais diferentes, tenham uma mesma proposta informal ou formal. Ou seja, evite combinar uma pulseira que tenha uma pegada mais social com uma pulseira rústica, sacou? Esse resultado poderia ficar um pouco estranho e desencontrado.

Em relação às cores a ideia é parecida: combinar as mesmas cores em um combo é uma opção mais segura do que combinar cores diferentes, seja cores de couro, pedra ou aço. Não quer dizer que seja mais correta, contudo – só é mais fácil de harmonizar. E, também, se a ideia é montar uma coisa mais elegante e alinhada, utilizando aço, por exemplo, fica ainda mais restrita a opção de misturar as colorações. Agora, se é uma situação bem despojada a flexibilidade é maior.

Nesse quesito, contudo, acredito que as pulseiras de pedra sejam uma exceção. No caso desse tipo de material, é bastante interessante misturas cores diferentes no caso do preto, prata, ródio e marrom. Isso vai proporcionar uma variação bonita para o combo.

Em relação ao combo de pulseiras com relógio, pode usar no mesmo braço? Mais uma vez, não há regras, mas lembre que quanto mais volumosa for a combinação que você fizer, menos versátil ela é e maior a chance de ultrapassar a linha – ainda que subjetiva – do bom senso. Então se o combo de pulseira já é um elemento que traz volume para o antebraço, combinado a um relógio o volume será ainda maior. É isso mesmo o que você quer? Se você estiver seguro disso, manda bala. Agora, se não estiver, é melhor usar em braços separados. A não ser que seja um combo bem discreto, de duas ou três pulseirinhas finas. Nesse caso, combiná-las no mesmo braço do relógio não vai provocar um volume estético muito grande.

Resumindo, os combos de pulseiras são estratégias muito legais para acrescentar personalidade ao visual. Experimente e veja se se sente confortável!

ARTIGO EM PARCERIA COM PAPACHULLI

A Papachulli oferece muitas alternativas de pulseiras estilosas e de ótima qualidade para você. Inclusive, eles têm até combos prontos para você escolher. Visite o site www.papachulli.com.br para saber mais e não deixe de acompanhar o perfil da @papachulli no Instagram para ficar por dentro das novidades da marca!