Conchinha pós-sexo é tão importante quanto preliminar, diz estudo

Todo mundo sabe que a preliminar é uma etapa essencial do sexo — e já cansamos de repetir isso aqui no El Hombre. Queimar a largada e pular direto para a penetração é uma das atitudes que as mulheres mais odeiam. Em média, elas esperam pelos menos 18 minutos de “aquecimento” antes de partir para a transa em si, segundo estudos.

Mas hoje temos uma novidade que pode te surpreender: a conchinha pós-sexo é tão importante quanto a preliminar para satisfação sexual feminina. Pois é. Quem afirma isso é a professora de sexualidade Robin Milhausen, da University of Guelph, que liderou uma pesquisa bem reveladora sobre o tema.

A IMPORTÂNCIA DA INTIMIDADE PÓS-SEXO

Robin e sua equipe conversaram com 2 400 pessoas sobre a última vez que elas fizeram sexo. Nada menos do que 71% das mulheres que receberam chamego de 6 a 10 minutos depois da transa classificaram a experiência como “muito prazeirosa”, contra 41% das que tiveram menos tempo de carinho do que isso.

O motivo? Após o sexo, o nosso corpo fica inundado de ocitocina — o chamado “hormônio do amor” — aumentando a afeição do casal, diz Robin. Além disso, as mulheres se sentem vulneráveis depois de transar, então dar atenção a elas neste momento mostra que você realmente se importa com elas.

VÁRIOS HOMENS SE ESQUECEM DE FAZER ISSO

Essa pesquisa chegou em boa hora, porque grande parte dos homens não tem este hábito: 17% dos entrevistados revelaram não fazer isso nunca e 36% disseram ficar menos de 5 minutos. Ou seja, mais da metade dos rapazes estão cometendo esse deslize relacionado à intimidade pós-sexo.

O negócio, então, deixar a cabeça dela no seu peito, caprichar no cafuné, dar uns beijinhos nas costas dela, fazer alguns elogios e cochilar de conchinha para criar uma conexão maior e, assim, garantir que ela passe o resto da semana pensando no dia em que vai poder ir para a cama com você de novo.