Conversamos com Ron Burgandy (e de quebra com Will Ferrell)

WINNIPEG – Quase uma década após o maior machista do mundo se estabelecer como o mais detestável apresentador de notícias da TV que já existiu, Will Ferrell (aka Ron Burgundy) está de volta exercendo sua profissão em Tudo Por Um Furo (ou O Âncora 2, como preferir).

A história começa com Burgundy passando por tempos difíceis, trabalhando no Sea World em San Diego até que ele é chamado para retornar como uma âncora do jornal noturno da GNN Global News, ums pequena emissora de fora de Nova York. Ele é acompanhado por sua equipe notícias (na quais os personagens são interpretados por Paul Rudd, Steve Carrell, David Koechner, e Christina Applegate). Harrison Ford também tem um pequeno papel no filme, enquanto Tina Fey e Amy Poehler fazer aparições rápidas.

Embora o Âncora original tenha ganhado status de cult ao longo dos anos, Ferrell e seu diretor Adam McKay foram, no início, totalmente contra fazer uma sequência.

Sr. Ferrell, hum quer dizer, Sr. Burgundy, você está aproveitando o seu tempo em Winnipeg?

(Interpretando Burgandy) Sim. As pessoas são maravilhosas. O passeio de limousine do hotel para a arena é de primeira classe. Eles tinham porco assado – um porco inteiro – ali mesmo na limousine.

Você é um fã do esporte Curling?

(Interpretando Burgandy) Claro. Eu amo curling. Costumávamos fazer um segmento de curling no noticiário, em San Diego. Mas ninguém assistia. Na verdade, a audiência caiu 33% quando falávamos do esporte. Mas eu disse a nossos produtores que temos que continuar com o curling. Curling é o futuro.

O que você acha de expressões de curling como “mais forte e mais rápido” e “deixe ele em paz” (NE – termos que jogadores de curling gritam para aumentar ou diminuir a força da imprimida na camada de gelo)

(Como Burgandy) Eu, pessoalmente, grito “mais forte e mais rápido”, enquanto eu estou preso no trânsito para fazer as pessoas sairem do meu caminho. Às vezes, se eu estou em um voo lotado e alguém está mexendo com suas mascaras de oxigênio, eu digo: “deixe ele em paz”. Eu uso esses termos, provavelmente, 10 vezes por dia na minha vida pessoal. Há possivelmente outros termos do esporte que eu uso, mas eu não quero ofender qualquer telespectador.

Ron Burgundy é um de seus personagens favoritos?

(Como ele mesmo) Eu tenho profundo afeto por Ron. Mas sua popularidade é algo que vai muito além de qualquer coisa que eu poderia imaginar quando o filme foi lançado. Ele foi bem sucedido, mas não um grande sucesso.

Ouvi dizer que você teve momentos engraçados na sua escola, isso é verdade?

Um dia na escola, eu decidi ir vestindo pijama, sem nenhuma razão aparente. Os alunos ficam perguntando:”O que você está fazendo?” Isso serviu para ver se eu conseguia suportar os olhares fulminantes de pessoas. Aí elas falavam meio que de canto da boca: “Esse cara é esquisitão.” Esse foi um bom teste para mim, psicologicamente falando.

Eu meio que gosto de fazer coisas estranhas e muitas vezes elas acabam por ser um tipo de ensinamento para mim, se eu estou realmente comprometido com o que estou fazendo, não deixo que nada me impeça de seguir essa trilha. Esse é o tipo de atitude que eu tenho para criar um comprometido com a personagem e que é a única coisa que eu acho que realmente faço bem.

Você era o palhaço da turma na escola?

Além do episódio de pijama, eu era um estudante muito sério  Eu tinha um talento para fazer meus amigos rirem e eu comecei a gostar de fazer isso. Foi também uma boa maneira de conhecer meninas. Mas eu não era o tipo de cara que estava em busca de atenção por ser engraçado. Foi algo que veio naturalmente para mim. Eu sabia que tinha um senso de humor diferente. Uma vez eu levei o meu dardo à aula de física e perguntei ao professor se ele poderia me ajudar a alcançar uma trajetória melhor.

Você gosta quando os fãs vêm até você na rua?

Fico muito lisonjeado, mas eu acho que eu os decepciono. Eles estão esperando que eu seja engraçado ou imediatamente encarnar algum dos meus personagens. Eles começam a pensar: ” O que você vai fazer? Faça alguma coisa! Você tem certeza que é Will Ferrel? Ele não está fazendo nada!” Eu me preocupo se eles não ficam impressionados comigo.