fbpx

Estamos apaixonados pela nova McLaren 650S

Pedro Nogueira
Pedro Nogueira Editor-Chefe

Acordamos nesta manhã de terça-feira apaixonados.

E não, o motivo de nosso coração estar batendo mais rápido hoje não é um ensaio sensual inédito de Kate Upton ou Emily Ratajkowski — mas da nova McLaren 650S.

A montadora britânica divulgou ontem as primeiras imagens oficiais do superesportivo, que fará sua estreia oficial no Salão de Genebra, em março.

Trata-se de um upgrade do MP4-12C, que continuará à venda com o visual antigo e se transformará numa espécie de modelo de entrada da marca, apesar de custar salgadas 176 mil libras — cerca de R$ 700 mil, sem contar os custos de impostos e logística, que costumam triplicar o valor de um veículo trazido ao Brasil.

Além da familiaridade com o MP4-12C, a sua dianteira remete também a outro carro da McLaren, o superesportivo híbrido P1, cujas 375 unidades já foram adquiridas por US$ 1,3 milhão cada antes mesmo de serem finalizadas.

Como o novo já sugere, o  650S oferecerá 650 cavalos (50 a mais do que o MP4-12C) com seu motor V8 biturbo de 3,8 litros, que o leva de 0 a 100 km/h em apenas 3 segundos.

Disponível em versões Coupé e Spider, o carro ainda não teve o seu preço final divulgado. Mas, segundo o site automotivo Top Gear, ele deverá custar 20 mil libras (na faixa de R$ 80 mil) mais caro do que o MP4-12C.

Agora vamos às imagens da máquina:

06_mclaren_650s_coupe_5