fbpx

Champions League tem recorde quebrado com 40 gols num dia

Thiago Sievers
Thiago Sievers Head de Parcerias

Se a média de 3 gols por partida no começo da Copa do Mundo estava espetacular, o que dizer dessa metade de terceira rodada da Liga dos Campeões?

A combinação dos 8 jogos dessa terça-feira foi simplesmente assustadora, eu diria. Foram 40 gols ao todo, o que resulta numa média de 5 por partida.

É coisa pouca?

Esse é um recorde na competição desde que ela passou a dividir as rodadas em dois dias com oito jogos cada. A marca anterior foi registrada em 13 de setembro de 2000, quando as partidas registraram 36 gols ao todo. A diferença não é pequena.

Em 1997 houve uma noite em que saíram 44 gols na Liga dos Campeões. No entanto, os tentos foram divididos em 12 partidas, o que nos leva a concluir que a média foi inferior.

Os grandes responsáveis por esse feito magnífico de hoje foram Bayern de Munique, Shakhtar Donetsk e Chelsea, que marcaram 7, 7 e 6 gols respectivamente – ou seja, metade dos tentos do dia.

Das 8 partidas, apenas uma teve menos de 3 gols: Apoel x PSG, que terminou com uma vitória simples dos franceses.

O grande destaque individual da rodada foi Luiz Adriano, do Shakhtar. O brasileiro, formado no Inter de Porto Alegre, fez 5 gols e deu 2 assistências. Não me lembro de números tão expressivos. Com isso ele se tornou o maior artilheiro da história do time ucraniano e quebrou diversos outros recordes na Liga dos Campeões, como o primeiro jogador a marcar 4 gols no primeiro tempo.

Além disso, Messi e Neymar voltaram a marcar, agora tendo como vitima o Ajax. É o quinto jogo seguido que os dois fazem ao menos um gol numa partida.

Então, senhores, presenciamos história. E isso que o Real Madrid, com sua armada galática, não entrou em campo. Os merengues jogam amanhã contra os ingleses do Liverpool, no Anfield.

Veja abaixo os 7 gols da goleada alemã (pausa para o arrepio) e confira aqui os 40 tentos da noite.