Legenda

Como lidar com namoradas controladoras?

Se você quer paz de espírito, é fundamental ter uma relação serena com a sua namorada. Mas se ela é uma daquelas mulheres controladoras, essa tarefa pode ser dificílima. Por isso decidimos criar um guia para te ajudar com estas situações. O primeiro passo é, obviamente, aprender a identificar uma. Afinal, nem sempre sabemos quando há uma ao nosso lado. Fizemos, então, uma lista com as 8 características deste tipo de fêmea:

  1. Liga a cada cinco minutos para ver como você está, dar um oi ou “só” para dizer que te ama.
  2. Manda mensagens constantemente, consecutivas, e inclusive repetidas, só para “ter certeza” de que você recebeu.
  3. Fica com dúvidas sempre sobre o que você fala, sem acreditar 100%, então ela investiga perguntando aos seus amigos e família se você realmente estava onde disse que estava, fazendo o que disse que estava fazendo.
  4. Pergunta o tempo inteiro “Quem era aquela?” quando vocês estão juntos na rua e encontram uma conhecida sua, assim como “Quem é essa?” quando te adicionam no Facebook e “Quem estava te ligando?” quando você desliga o telefone após uma chamada.
  5. Cria uma “grande amizade” (pode até ser verdadeira) com sua sogra para conseguir informações sobre você, aquelas coisas que você não quer contar. Seja um mico que pagou, uma foto queima-filme, uma história constrangedora e até mesmo os podres das suas ex-namoradas.
  6. Acessa constantemente seus perfis em redes sociais para ver o que você curte, o que você compartilha, o que você retuíta, o que você comenta, quem você adicionou/seguiu, em que foto você foi marcado.
  7. Se tem a oportunidade, fuça seu celular, caixa de entrada dos emails, caixa de saída, rascunhos, ligações recebidas, não atendidas e realizadas, correio de voz, fotos e tudo que der tempo de ver sem que você perceba.
  8. Ela se desdobra completamente para estar com você o tempo todo e fazer sempre as coisas que você quer, e abre mão das próprias vontades e compromissos para fazer as suas vontades e te acompanhar aonde quer que você vá.

Se você sentir-se familiarizado com mais de três das características acima, significa que está lidando com uma mulher obcecada por você, controladora e ultra carente. Então chegamos ao segundo passo: como lidar com ela?

  1. Em primeiro lugar, essas mulheres dificilmente vão mudar, porque a necessidade de controle é um mal que as pertence. O que pode acontecer não é uma mudança, mas sim uma melhora.
  2. Se ela fica insegura, provavelmente está com a auto estima baixa e sentindo-se inferior, impotente, inútil e etc. É um problema cuja solução não depende dos outros, e sim dela. Mas você, como parceiro/namorado/marido pode ajudar. Como? Com elogios, por exemplo. Sinceros, é claro. Elogios estufam o ego feminino e faz com que nos sintamos melhor.  Ou vá com ela às compras (não digo que gastem muito e nem necessariamente do seu dinheiro), um conjuntinho que vista bem também fará com que ela sinta-se linda.
  3. Outra coisa que você pode fazer para ajudá-la é incentivar que ela saia com as amigas dela, com a família dela, e não com você o tempo inteiro. Assim ela tem uma vida social que não se resume exclusivamente a você.
  4. Dialogar também é importantíssimo. Por exemplo: se você sabe que ela mexe no seu celular e não gosta disso (não que tenha algo a esconder), diga a ela. Ela deve respeitar seu espaço e sua privacidade, e confiar mais em você. O problema é se algum dia você traiu a confiança dela –  ela vai viver sempre com uma pulga atrás da orelha.

Se você gosta dela, seja paciente. Pelo menos por um tempo.

E, caso a situação continue assim, as opções são: se acostumar a isso — ou procurar outra.