Por que você deveria cortar pela metade o tempo que passa no celular

Somos uma geração que, às vezes, parece viver mais no mundo virtual do que no real.

Chegou mensagem no WhatsApp? Rápido, preciso checar. O que será que o pessoal anda postando no Instagram? Só um pulinho para olhar, vai… E já aproveito para ver a timeline do Facebook.

Esse é o ritmo alucinante em que vivemos hoje em dia. Agora pare e pense: quando alguma mensagem do WhatsApp teve um impacto realmente útil na sua vida?

Ou, então, era algo urgente que necessitava sua atenção imediata? Isso é uma raridade. Até porque, se alguém tem urgência para falar com você, vai ligar e não mandar uma mensagem.

As redes sociais são uma ferramenta maravilhosa para manter o contato com os amigos; ou dar umas risadas; ou se manter a par dos acontecimentos do mundo. Não há dúvidas disso.

Mas a nossa obsessão por consumir tudo imediatamente nos transforma em escravos do celular.

Esse vício é um verdadeiro atraso de vida. Um levantamento revelou que as pessoas checam o celular, em média, de 80 a 110 vezes por dia. Outro estudo apontou que os brasileiros passam em torno de 4h48 diariamente no smartphone.

Imagina o tanto de coisa útil que seria possível fazer se destinássemos metade desse tempo ao nosso desenvolvimento pessoal? Só metade! Tipo ler um livro. Ou fazer exercício físico. Ou se dedicar a um hobbie.

Acredito que todos nós deveríamos rever a nossa relação com o celular. Será que eles trabalham para nós ou vice-versa?

Existem vários aplicativos para Android e iOS que calculam o seu tempo gasto ao longo do dia no smartphone. Vale a pena instalar e fazer a análise durante uma semana. O número de horas provavelmente vai te deixar assustado. Eu sei porque já fiz a conta e fiquei.

Se você se policiar para checar o WhatsApp e as redes sociais uma vez por hora, que seja, já estará fazendo um grande favor a si mesmo, porque vai sobrar mais tempo para fazer outras coisas úteis da vida.

E fica tranquilo, as mensagens e os posts não vão sumir neste intervalo.

VÍDEO EM DESTAQUE