Que tal reviver os clássicos do NES num console de ouro?

Thiago Sievers
Thiago Sievers Head de Parcerias

Numa época em que não existia internet e a consequente sociedade cibernética e massificação do pornô, que roubam generosas fatias do nosso dia (sejamos honestos quanto ao pornô, senhores), o videogame reinava. Só não reinava como o Facebook porque não podíamos levá-los à escola. Se não…

E, nessa fase, poucos triunfaram grandiosamente quanto o NES, carinhosamente apelidado de Nintendinho. Ele não rodava filmes adultos e dominou o mundo — e isso prova seu verdadeiro tamanho.

Recentemente foi lançado um console que tem a proposta de reviver os jogos do icônico videogame.

Trata-se do Analogue Nt. A diferença é que ele pretende fazer isso em alta qualidade, afinal, estamos no século XXI. Se a alta qualidade pode desagradar os mais puristas, certamente serve como um atrativo e tanto para incontáveis amantes do NES.

Agora, se isso não for suficiente para deixar os game-lovers com vontade de comprar o Analogue Nt, uma versão mais rebuscada do produto alcançará esse objetivo, pois ela é feita inteiramente de ouro 24k.

Já imaginou?

O console tem um design que relembra o tempo dos videogames clássicos, mas com um traço de modernidade. Contudo, com ouro para todo lado nem precisaria de beleza.

E porque eles estão lançando essa versão dourada? Simples: para ganhar uma grana. Mas isso sou eu que digo.

O que eles dizem é que é por conta do aniversário de 30 anos de Zelda. Dá até para nos deixar enganar, não? O jogo é um clássico sem precedentes (é mentira, mas eu gosto dessa expressão — sem precedentes). Além do videogame, o gamer também ganhará um cartucho do Zelda banhado em ouro.

Por baixo o console é composto de uma peça transparente, que dá a possibilidade de enxergar as placas que fazem o videogame funcionar internamente.

A produção do Analogue Nt de ouro será limitada a 10 unidades no valor de US$ 5 mil (R$ 18 mil) cada uma. Com certeza um preço salgado — mas é ouro!

Agora vá e peça um para a seus pais de dia das crianças? A gente sabe que a data está bem longe — mas vai que cola…

con2

con

con3