Sega disponibiliza seus games para que se tornem filmes

Pedro Cohn
Pedro Cohn Diretor de Negócios

Quando Need for Speed foi anunciado nos cinemas a euforia dos gamers foi enorme no mundo todo.

E agora a Sega está pretendendo seguir os passos da Electronic Arts e partir para o mundo das telonas.

No começo do ano já foi publicado que Sonic ganharia o mundo dos longas. Mas agora o projeto é mais ousado, uma vez que a empresa japonesa tem a intenção de colocar muitos mais jogos de sua autoria à disposição de produções cinematográficas.

A informação foi publicada pela Variety e veio com a contratação do produtor executivo Evan Choflin por parte da Sega. Choflin ficará como o responsável por fazer esse projeto virar.

Ele será um dos cabeças da Stories International, empresa que surgiu da união entre a própria Sega e o grupo Hakuhodo DY, que é a sétima maior agência de propaganda do mundo.

A Stories Intenational foi criada com a intenção de produzir filmes, programas de TV e conteúdo de entretenimento para plataformas digitais, e terá sob seus direitos diversos games da Sega.

Alguns títulos que estão no “catálogo” da empresa são: “Altered Beast”, “Streets of Rage,” “Shinobi,” “Rise of Nightmares” e “Crazy Taxi”. Esses, inclusive, são os que já estão na lista para serem produzidos. “Virtua Fighter” e “Golden Axe” também pertencem à Stories.

E a ideia é que os filmes sejam produzidos não apenas em animação, mas em live-action também.

E aí, animados?