Relacionamento supõe troca. Nada mais natural. Quando a gente se propõe a estabelecer um lance com alguém, temos que ter em mente que será necessário abrir mão de muitas coisas em muitos momentos para que a vida a dois se desenrole de maneira saudável. Se não for assim, você atropelará sua parceira.

O oposto, claro, também pode acontecer. Você pode encontrar uma companheira que não está lá tão disposta a equilibrar as balanças no relacionamento. E aí mora um perigo iminente: a abdicação do amor próprio.

Às vezes as coisas vão acontecendo de forma tão sutil que quando nos damos conta nosso namoro ou casamento já não é mais uma relação de mão dupla, mas de mão única. E uma mão bem pesada.

Como nem sempre é fácil nos percebemos numa situação de subjugação, resolvemos listar alguns sinais que indicam que você está abrindo mão do amor próprio por conta dela.

Caso se identifique em muitos pontos, fique esperto e comece a questionar sua relação. Questionar é bom – quando feito com consciência é sempre bom!

Lembremos: nem tanto ao céu, nem tanto à terra. É preciso ceder em alguns momentos; é preciso teimar em outros. É difícil encontrar esse meio caminho, mas é preciso tentar, porque não dá para ficar nos extremos.

Então vamos lá!

sumbissaohomem2

#1 Não sai sem ela

Quando foi a última vez que você saiu sozinho, sem a companhia da parceira? Se faz muito tempo, sinal vermelho. A sua vida é compartilhada com a da sua mulher, mas não é exclusiva a ela. Você precisa de espaço para sair só com seus amigos e fazer suas coisas.

#2 Não é capaz de negar nada a ela

Ter medo de dizer não a alguém é outro sinal de que a pessoa está “tiranizando” a relação – e de que nós estamos permitindo isso. Se ela faz cara feia, briga, esperneia quando você nega algo, ou mesmo discorda, paciência. Não abaixe a orelha por conta disso.

Veja, também não é necessário que trave uma arena de combate no relacionamento. É aquela questão lá do meio termo. Se achar que é o certo, apenas negue com tranquilidade e, se preciso, explique o motivo pelo qual tomou tal decisão.

#3 Seus desejos nunca são considerados

Num relacionamento as coisas se decidem na conversa, já que nem sempre os desejos estão em concordância. Mas se o seu desejo não é considerado na conversa – ou, pior, se nem há diálogo -, então onde está a reciprocidade?

Ame-a, claro, mas ame você também e faça valer suas vontades e princípios.

#4 Não faz mais nada do que gostava de fazer

Sua vida era uma antes do relacionamento e outra depois? Ótimo, isso não é um problema. Na verdade, é mais do que natural que haja mudanças na transição da solterice para o comprometimento. Mas se não há mais nenhum resquício da pessoa que você era antes, então é bom ficar ligado.

Se você deixou de fazer coisas que gostava por conta da mulher, seria bom repensar a relação que tem travado consigo. E nem estamos falando de sair para balada com os amigos. Coisas simples, como jogar video game, assistir futebol, tomar uma cerveja de boa, pedalar e por aí vai…

stephanie-seymour-by-terry-richardson

#5 Age diferente perto e longe dela

Talvez o sinal mais claro de que você não está se respeitando é a mudança de comportamento quando a parceira está perto ou longe. Isso geralmente demonstra algum grau de repreendimento, de que você não se sente à vontade para ser quem realmente é ao lado da mulher. E quando isso acontece, significa que você está valorizando mais a ela do que a si.

#6 Tem receio de expressar suas opiniões

Você tem percebido que é mais fácil aceitar as coisas do que travar uma discussão? É mais simples, né? Se sim, sua mulher está te engolindo – e não da maneira positiva!

Sentir que não tem espaço para emitir suas opiniões já é sinal avançado de que você nem lembra mais o que é amor próprio. O seu ponto de vista nunca é válido e você está bem com isso.

Mais uma vez, converta essa situação com conversa. E se ela não for capaz de conversar, então o buraco é mais embaixo: ou você se subjuga, ou trava uma verdadeira guerra, ou vai para outra.

#7 Todos ao seu redor estão te chamando a atenção

É aquele cenário clássico em que todos veem o que está acontecendo menos você. E quando os amigos, familiares, colegas te alertam sobre o fato de que você está abrindo mão de si mesmo para agradar a parceira, você acha que eles estão viajando.

Mas engraçado todos viajarem na mesma coisa menos você, não?

#8 Não quer mais ficar com ela, mas fica

E, por fim, o sinal mais óbvio de que você não está se dando o respeito. A relação já está um bode e você não aguenta mais viver aquela vida – mas vive. Por quê? Sei lá, porque sua opinião não importa, seus desejos não valem e há receio de dizer a real para ela.

É melhor deixar as coisas caminhando assim…