5 filmes de Natal para engatar uma maratona

Natal, época de muita paz, amor e solidariedade, não é mesmo? Bem, provavelmente não, mas não podemos deixar de acreditar no espírito natalino.

Por isso, selecionamos cinco produções dos cinemas que captam muito bem esse espírito. São filmes essencialmente natalinos, de diversos tipos, para indicar para os amigos e ver com toda a família.

A VIDA DE BRIAN (Life of Brian, 1979)

Para celebrar o Natal, é obrigatório assistir a um filme sobre a vida de Jesus. Mas que tal um filme sobre um homem que nasceu no mesmo dia que ele, no estábulo ao lado? Brian também ganha seus seguidores, se depara com Pôncio Pilatos e muito mais.

Segundo longa do grupo britânico Monty Python, é considerado uma das melhores comédias do cinema, mas sem deixar de nos ensinar valiosas lições sobre a vida e a fé, como a de “sempre olhar para o lado bom da vida”.

A história de Jesus todos já conhecem, então neste Natal inspire toda sua família com a história de Brian.

GREMLINS (1984)

Há melhor combinação do que “filme de Natal” e “criaturinhas estranhas”? E há criaturinha mais estranha que um Mogwai?

Os Gremlins são, antes de qualquer coisa, bastante brincalhões e têm um forte senso de humor – exatamente como manda o Natal – negro.

Escrito por Chris Columbus, o filme é um dos maiores clássicos das comédias de terror. E, no final das contas, ensina uma das mais valiosas lições que um filme poderia ensinar às crianças (se elas puderem assistir), sem ironias: não compre animais.

O ESTRANHO MUNDO DE JACK (The Nightmare Before Christmas, 1993)

Qualquer final de ano que se preze precisa ter uma animação bem colorida e alegre. E nada mais colorido e alegre do que um ser que lembra um esqueleto e mora na Cidade do Halloween. Jack Skellington acaba conhecendo a Cidade do Natal e querendo levar a comemoração para a sua terra.

Dirigida por Henry Selick, mas criada por Tim Burton, a animação é dark como não poderia deixar de ser. Tanto que a Disney preferiu lançá-la pela Touchstone, por achar muito sombria e assustadora para crianças. Típica animação para todas as idades.

PAPAI NOEL ÀS AVESSAS (Bad Santa, 2003)

Muito álcool, picaretagem, sexo e o recorde de palavrões em um filme de Natal (mais de 250, na versão sem censura) é algo que não pode faltar nessa época do ano.

Billy Bob Thornton vive um Papai Noel de shopping sem nenhuma simpatia e nenhuma vontade de disfarçar seu desgosto. Junto de seu duende ajudante, ele usa esse emprego para roubar lojas.

Com produção dos irmãos Coen, a obra é uma divertida comédia de humor negro que tenta fugir dos clichês natalinos. Lauren Graham, Tony Cox, John Ritter e Bernie Mac também estão no elenco. Perfeito para assistir com toda a família – se ela não for careta.

PAPAI NOEL DAS CAVERNAS (Rare Exports: A Christmas Tale, 2010)

Numa lista dessas, não poderia deixar de aparecer um daqueles filmes onde as pessoas descobrem que o Papai Noel é real, não é mesmo?

Crianças começam a desaparecer, enquanto o verdadeiro “bom” velhinho é descoberto durante escavações no Monte Korvatunturi, na Finlândia. Os descobridores querem vendê-lo, mas um grupo de duendes busca vingança.

Fantasia e ação estão bastante presentes neste sucesso finlandês, um legítimo exemplar natalino que não nos deixa perder a inocência de acreditar num ser místico determinado a “dar um corretivo” em crianças mal educadas.