tenet

O que achamos de “Tenet”, o novo filme de Christopher Nolan

Não é de hoje que Christopher Nolan adora deixar os telespectadores com a mente “bugada” ao assistir seus filmes mirabolantes. E com “Tenet” não poderia ser diferente. Exemplos como “Amnésia” (2000), “O Grande Truque” (2006), “A Origem” (2010) e “Interestelar” (2014) colocam o diretor nesse gênero de filmes misteriosos onde nada é óbvio. Como se não bastasse, sua mente brilhante nos apresentou a trilogia do homem morcego mais sombria de todas: “O Cavaleiro das Trevas” (2005, 2008 e 2012). Ele trouxe com maestria as histórias da HQ para o mundo real, fazendo Gotham City mais visceral do que nunca.

tenet
Cena do filme Tenet

Três anos após o lançamento de seu último filme, “Dunkirk” (2017), chegou a hora de conferir “Tenet”, a nova produção do diretor que certamente fará os fãs de ficção científica pirarem. Após vários adiamentos por conta da pandemia, a Warner Bros Pictures lançou o filme nos cinemas nacionais dia 29 de outubro. E não se esqueça: para entrar em uma sala de cinema, é preciso seguir todos os protocolos de segurança estipulados.

A HISTÓRIA DO FILME

Um agente da CIA conhecido como “O Protagonista” (John David Washington) é recrutado por uma organização misteriosa, chamada Tenet, para participar de uma missão de escala global. Eles precisam impedir que Andrei Sator (Kenneth Branagh), um renegado oligarca russo com meios de se comunicar com o futuro, inicie a Terceira Guerra Mundial. A organização está em posse de uma arma que consegue fazer o tempo correr ao contrário, acreditando que o objeto veio do futuro. Com essa habilidade em mãos, O Protagonista precisará usá-la como forma de se opor à ameaça que está por vir, impedindo que os planos de Sator se concretizem.

E você deve estar se questionando: “Tenet” é sobre viagem no tempo? A resposta eu deixo para você descobrir sozinho. Mas saiba que o filme usa e abusa deste artifício “surpresa” para te provar que é necessário olhar o mundo de outra maneira.

O QUE ESPERAR DE “TENET”?

Começo dizendo que “Tenet” faz jus ao que se propõe: dar um nó em sua mente por 2 horas e meia! Mas calma, não se assuste com tal afirmação. Se você está acostumado e gosta deste tipo de filme, será um deleite. Sua mente irá agradecer. Mas se você faz parte do time que prefere só curtir de boa, siga o conselho de uma personagem que no começo do filme diz “não tente entender, apenas sinta” e sua diversão será garantida. Digo isso pois. além de toda a questão de subverter o tempo, Nolan realiza mais uma vez um trabalho impecável quando se trata de cenas grandiosas. Já nos primeiros segundos de filme, somos inseridos em uma cena de ação que te deixará sem ar.

tenet
John David Washington e Robert Pattinson em cartaz do filme

Aos poucos vamos conhecendo os diversos personagens, principalmente “o Protagonista” (John David Washington), que consegue nos prender na história, mostrando que nem mesmo seu personagem está entendendo tudo que está rolando (rsrs), pois ele só sabe que missão é salvar o mundo. Além disso, temos Robert Pattinson como “Neil”. Ele é a peça misteriosa na trama que você não sabe se confia ou desconfia. Vale ressaltar que “Tenet” tem um elenco de peso, pois além dos dois já citados, temos Elizabeth Debicki, Dimple Kapadia, Aaron Taylor-Johnson, Clémence Poésy, Michael Caine e Kenneth Branagh. Todos têm seu tempo certo e brilham em cena quando aparecem.

VALE O INGRESSO?

O roteiro de Nolan se mostra tão bem escrito e confuso (propositalmente) que consegue abranger assuntos diversos em um único filme. Começa em um mundo obscuro da espionagem que se desdobra além do tempo real e vamos descobrindo várias vertentes existentes nele. Exemplos como casamento abusivo, tráfico de armas nucleares, ataques terroristas e consequências de seus atos são alguns dos temas que o filme aborda. E tudo isso ligado a uma história que você irá entender lá pro final, após diversas reviravoltas. Então não se precipite, vá juntando “provas” de tudo que vê em tela para tentar chegar a uma conclusão ao final. Mas saiba que certamente você será surpreendido

Em resumo, “Tenet” é mais um grandioso filme de Christopher Nolan (talvez tenta ser grandioso demais) que vale a pena ser conferido na maior tela possível para captar cada frame deslumbrante que saiu da mente do diretor. Com um visual surreal jamais imaginado e uma trama que parece um quebra cabeça, “Tenet” certamente é o mais novo épico da ficção científica.

Anote na agenda: o filme estreia nos cinemas dia 29 de outubro de 2020!