Poker

Poker: 4 lições que podem ser aplicadas nas mesas e na vida

Conhecido em praticamente todos os lugares do mundo, o poker não é considerado um dos jogos de cartas mais bem sucedidos de todos à toa. Popular tanto entre os mais jovens quanto entre os mais velhos, o jogo foi se adaptando durante o tempo, mas sem deixar de perder sua essência. Hoje, existem diversos sites como o GGPoker, que permitem você jogar online onde e quando quiser, com adversários do mundo inteiro.

Mas por que o poker se tornou esse sucesso absoluto? Além de ser um jogo onde é preciso pensar muito antes de cada movimento, ele também testa as emoções e os sentimentos dos jogadores. Não por acaso, expressões como “poker face” são muito utilizadas para definir pessoas sem expressões corporais. Hoje, iremos listar 4 lições que podem ser aplicadas tanto nas mesas quanto na vida. Então se você quer melhorar seus resultados no poker (e também cultivar o auto-aperfeiçoamento na vida pessoal) confira as dicas a seguir.

1# SAIBA PLANEJAR BEM

Como todo jogo de cartas, não é sempre que sua mão virá perfeita em toda rodada. Por isso, o lado estratégico do poker é fundamental para você se tornar um grande jogador. Sempre é preciso analisar bem as suas cartas antes de tomar qualquer decisão, mas também sem ficar muito apegado às táticas e lembrando de adaptar seu estilo a cada movimento.

Na sua vida, também existirão muitas situações parecidas. Em momentos em que uma fase ruim toma conta de tudo, somente com planejamento e estratégia é possível se sobressair. A capacidade de adaptação, assim como no jogo, é um diferencial fundamental para poder mudar o cenário, após uma leitura bem-feita de todas as opções.

2# LIDE COM SUAS EMOÇÕES

Aquelas pessoas que são extremamente explosivas não costumam se dar bem no poker. Grande parte das ações em cada partida levam em conta as feições dos outros jogadores. Se você é uma pessoa que sabe esconder bem as emoções nos momentos críticos, as chances de se dar bem (mesmo nas rodadas de vacas magras) são boas.

Ser frio em momentos de tensão pode te ajudar a passar pelas situações mais complicadas. Pessoas com comportamento mais impulsivo tendem a tomar decisões sem analisar adequadamente suas consequências. Mesmo que você seja uma delas, passe a tentar buscar alternativas para um bom equilíbrio emocional. Deixar se levar pelos sentimentos pode afetar tanto pessoas próximas quanto você mesmo.

3# APROVEITE AS OPORTUNIDADES

Cartas entregues. Você olha seu baralho e no mesmo instante tem certeza de que possui a melhor mão da mesa. Vai deixar essa oportunidade passar?

Sempre quando aparece algo importante na vida, é fundamental que você abrace a chance o mais rápido possível. Assim como no poker, não são todas as vezes que a vantagem estará do seu lado. Por isso, quando tudo estiver conspirando a favor, não tenha medo de arriscar e apostar nas chances corretas.

4# PENSE NO MÉDIO/LONGO PRAZO

Não tem jeito: a derrota faz parte da vida de um jogador de poker, por melhor que ele seja. Há noites em que as cartas parecem até jogar contra você. Isso tem uma explicação simples: estatística. Às vezes você tem uma mão muito forte (por exemplo, o tão sonhado par de ases) e se depara com um adversário numa pedida de flush (cinco cartas do mesmo naipe). Por mais que a vantagem matemática esteja ao seu lado, às vezes o outro jogador vai acertar o draw e você sairá derrotado do duelo.

Por isso o importante é pensar no longo prazo. Se você for um jogador habilidoso, que costuma entrar de allwin (ou seja, apostar todas as fichas) com a mão mais forte, a tendência é que seja um ganhador ao longo de algumas semanas, meses ou anos de poker, por mais que numa noite ou outra acabe perdendo.

Na vida, assim como no poker, existem fatores que fogem do nosso controle. Não somos onipotentes. O que cabe a nós é buscar as melhores decisões sempre, com base nas informações que temos à nossa disposição. E se der errado? E se você falhar? E se o fracasso bater na sua porta? Paciência. Vida (ou jogo) que segue. Quando desenvolvemos uma estratégia sólida pensada no médio/longo, os resultados às vezes podem demorar um pouco para chegar, mas eles sempre vêm.