Qual é a diferença entre calça jeans slim e skinny?

Alguns anos atrás, as palavras “slim” e “skinny” não faziam parte do vocabulário do homem. O modelo de calça jeans que predominava era o reto, que não acompanha os contornos da perna. Portanto, o tecido fica meio folgado na altura de canela e do tornozelo.

Acontece que isso não contribui para a harmonia do look. E, assim, surgiram as calças slim e skinny, que oferecem um caimento mais bonito em nosso corpo e valorizam melhor as curvas da perna. Mas você sabe a diferença entre estes dois modelos?

CALÇA JEANS SLIM

A palavra “slim” significa “fino” em português. Portanto, as calças que seguem essa modelagem são mais ajustadas ao corpo do que o jeans tradicional, afunilando conforme as linhas da sua perna. Isso resulta num visual mais proporcional e estiloso. Ela não chega a ser apertada, no entanto.

No universo da alfaiataria — blazers, costumes, camisas — o padrão slim também é sinônimo de elegância e bom gosto.

Você quer se vestir melhor? Pode doar as calças retas do seu armário e se focar nas calças slim, então. Elas são incrivelmente versáteis. Funcionam igualmente bem em looks casuais ou sociais, com sneaker, sapato, bota, etc. Aí a questão é escolher a cor e lavagem que combina mais com a ocasião.

CALÇA JEANS SKINNY

A calça skinny, por sua vez, é tipo uma versão extrema da slim. Em português a palavra significa “magrelo”. Ela é mais justa e colada ao corpo, especialmente na região da canela. Parece uma legging, marcando bastante as formas da perna.

Em homens magros pode cair legal. Mas se você estiver acima do peso, ou for musculoso demais, o jeans skinny talvez dê uma aparência apertada. Neste caso, é melhor apostar na modelagem slim que comentamos anteriormente.

Se você optar pelo jeans skinny, tome cuidado para não comprar um modelo exageradamente justo, beleza? Porque aí o seu look pode ficar muito chamativo. E como bem sabemos, no universo da moda masculina menos é mais.

VÍDEO EM DESTAQUE