10 pessoas insuportáveis que povoam as reuniões

Todos os dias você checa a caixa de entrada do seu email corporativo. Várias vezes chegaram convocações para participar de reuniões de trabalho. Conheço várias pessoas que têm alergia a esse tipo de compromisso.

Grande parte dessa rejeição acontece por conta de experiências negativas de reuniões anteriores, causadas por comportamentos completamente inadequados de quem participa ou pior, daqueles que lideram uma reunião:

1# Prolixo

Fala muito, em suma. Sua noção de tempo tende a ser muito vaga. Dá voltas e mais voltas para tratar de assuntos simples. Por isso desperdiça tempo e prolonga desnecessariamente a duração da reunião.

2# Vaidoso

Quer mostrar que é competente. Seu discurso é uma mistura de termos técnicos em português e inglês. Gosta de ter plateia para poder se exibir na frente de todos. Não admite ser confrontado.

3# Bajulador

Faz elogios gratuitos a todos e principalmente ao chefe. Ao invés de usar a palavra de forma inteligente e produtiva, ocupa tempo massageando o ego alheio sem necessidade. Geralmente torna-se o puxador dos aplausos nas reuniões em que o diretor se faz presente.

4# Desatento

Registra o nome na lista de presença. Eis aí o único vestígio de sua passagem pela reunião. Alguns desatentos até tentam disfarçar escrevendo durante a reunião. O que parece ser um conjunto de anotações importantes, muitas vezes não passa de desenhos desconexos. Aproveitam para colocar as redes sociais em dia através do notebook, tablet ou celular. Não costumam contribuir com nada relevante. Servem para fazer número.

reuniao

5# Grosseiro

Acha que a reunião é um octógono de MMA. Pensa que o combate é o único caminho para resolver problemas. Usa a intimidação como instrumento de persuasão. Acha que vai ganhar todas as discussões no grito.

6# Falso

Dissimulado. Concorda, discordando e discorda, concordando. Elogia o que detesta. Tenta ser discreto e afável para não chamar atenção para si. Não pensará duas vezes antes de prejudicar alguém.

7# Brincalhão

Não costuma levar nada a sério. Tende a fazer piada com qualquer tema. Quando consegue arrancar sorrisos do grupo, sente-se valorizado e necessário na empresa. É visto como elemento neutro, juntamente com o desatento. Entretanto, se estiver motivado vai atrapalhar bastante o andamento da reunião.

8# Do contra

Tende a observar o ambiente, em primeiro lugar. Caso perceba que a situação tende para a solução A, ele trata de atacá-la e apontar o caminho B como o melhor. De forma moderada, as pessoas que tem senso crítico aguçado são benéficas para o grupo. Quando eles exageram na dose ou discordam sem argumentos lógicos, passam a ser vistos como chatos, conservadores e inimigos das inovações.

9# Detalhista

Anota tudo o que está sendo dito. Gosta de se prender a detalhes minúsculos e questionamentos sem fim, fazendo os colegas perderem a paciência com ele, pela dificuldade de ver qualquer questão de forma ampla. Deleita-se com gráficos, tabelas, relatórios, números e estatísticas sem fim.

10# Faminto

Sua maior preocupação é com o lanche ou mesmo o coffee break. Para ele, nada parece ser mais importante que comer. Se alimenta como se não houvesse amanhã. Fica inquieto com a aproximação do intervalo e costuma prolongá-lo ao máximo. Não pensará duas vezes antes de levar uma “reserva técnica” de comida para a continuação da reunião.

O que fazer, então?

Bem, espero que o breve mapeamento dos chatos que povoam nossas reuniões lhe ajude a neutralizá-los o quanto antes. Lembro que a tarefa não deverá ser nada fácil, pois é comum que o mesmo colega seja afetado por mais de um tipo de chatice, tornando-o duas ou três vezes mais chato que o normal.

Ah, sim: não se esqueça também de fazer a seguinte reflexão: será que você é uma delas? Caso se identifique com algum caso listado acima, melhor mudar de atitude o quanto antes para não virar uma presença repudiada na empresa.