fbpx
Coq Au Vin: uma

4 bistrôs para levar a sua namorada

Pedro Nogueira
Pedro Nogueira Editor-Chefe

Não é preciso viajar 10 mil quilômetros até Paris para apreciar a tradicional — e deliciosa — culinária francesa. Como qualquer paulistano sabe, a cidade de São Paulo é um dos principais centros gastronômicos do planeta, com uma variedade de cozinhas que faz jus ao adjetivo de “cosmopolita”. Logo, era de se esperar que houvesse por aqui ótimas opções quando o assunto é a cuisine française. Se você tem vontade de experimentar estes pratos, reunimos 4 sugestões de bistrôs.

Le Vin Bistrô

Le Vin Bistrô

Comandado pelos restaurateurs Francisco Barroso e Nancy Mattos, o Le Vin Bistrô possui três endereços. A matriz, aberta em 2000, fica nos Jardins, e os outros dois estão no Itaim Bibi e em Higienópolis. O restaurante traz um cardápio com a mais clássica comida francesa, como o Cassoulet Traditionel, e uma ampla carta de vinho, elaborada pela sommelière Katia Jacquin. levin.com.br

Bistrô Charlô

Bistro-Charlo

Quando foi aberto há duas décadas, o Bistrô Charlô era um típico restaurante francês: cardápio simples e salão pequeno. Os anos se passaram e algumas mudanças aconteceram. A casa foi reformada e ampliada; o menu ganhou novas receitas. O cardápio original francês, desenvolvido pelo sócio e chef do estabelcimento Charlô Whately, teve opções de diversas nacionalidades incorporadas a ele. O português Bacalhau à Brás, o italiano Tagliatelle com Molho de Camarão e o brasileiro Picadinho de Bistrô são alguns dos pratos cosmopolitas servidos em suas mesas, que dividem o menu, é claro, com tradicionais receitas da França, como o Entrecôte e o Crème Brulée. charlo.com.br

Paris 6

Paris 6

Com o nome inspirado no 6erne Arrondissement, um dos mais belos e boêmios bairros da capital francesa, o Paris 6 tem como proposta reproduzir o charme da Belle Époque. O restaurante combina em seu cardápio pratos clássicos, como Croque Monsieur, com receitas modernas, saídas da cozinha liderada pelo chef  Isaac Azar, também dono do estabelecimento. paris6.com.br

Chef Rouge

Chef Rouge

A Paris dos anos 20 é a grande influência do Chef Rouge, bistrô aberto em 1993 pela empresária Vanessa Fiuzi. No salão, a decoração está inserida em um ambiente onde os tons em preto e vermelhos são predominantes. O cardápio, feito pela chef Renata Braune, traz uma releitura da cozinha clássica francesa. Em sua matriz no Jardim Paulista, há um charmoso café à sombra de uma seringueira. Nele é possível degustar pães, quiches, tortas, chás especiais e pâtisserie preparada artesanalmente. chefrouge.com.br