fbpx
Legenda

5 dicas para destruir no Black Ops II

Pedro Cohn
Pedro Cohn Diretor de Negócios

Ao faturar US$ 500 milhões em 24 horas, o Black Ops II bateu o recorde de vendas de todos os lançamentos da indústria do entretenimento — e muitos o consideram como o melhor jogo no gênero FPS Multiplayer. No entanto, o nível é alto quando o modo é online e as dificuldade invariavelmente aparecem. Se você cansou de apanhar, preparamos 5 dicas que vão te ajudar a desenvolver seu jogo.

1# Se acostume com uma arma

Às vezes podemos pensar que ficar selecionando as armas de acordo com os mapas é a melhor opção – e isso realmente faz sentido. Mas ficar alternando entre as elas vai fazer com que você acabe não dominando nenhuma. Vamos supor que você está ganhando intimidade com a PDW – uma submachine que considera ideal para mapas pequenos como o Hijacked, por exemplo. Quando a próxima partida recebe a maioria de votos para a Carrier, no entanto, você muda para a M27 – uma Assault que entende ser melhor em mapas mais abertos. Agindo dessa forma, você nunca vai dominar uma arma totalmente. É provável que a M27 seja melhor em um ambiente aberto, contudo, se você se acostumar com a PDW, o fato de compreender o funcionamento dela e as respostas aos seus comandos fará com que a arma se torne muito mais eficiente – mesmo que a M27 tenha melhores recursos para aquelas condições.

2# Seja mais inteligente do que o adversário

Não adianta você ter uma ótima mira e um reflexo perfeito se toda vez é surpreendido pelo inimigo. Cansou de tomar facada pelas costas? Isso é sinal de que o adversário está te superando pela inteligência. O primeiro passo para que isso não aconteça é evitar ficar parado. Call of Duty é um jogo extremamente dinâmico (ainda mais no BOII que os respawns estão totalmente malucos) e ficar estacionado em um lugar é pedir para ser surpreendido. Procure estar sempre em movimento e evite as partes centrais dos mapas, onde a vulnerabilidade aumenta.

Outra coisa muito importante é alterar a rota que está seguindo após disparar tiros. Se você não estiver usando o attachment que silencia a arma, o mapa inimigo irá denunciar sua posição assim que você atirar – e o adversário saberá onde você está. Em muitos casos, ele também saberá a direção que você está tomando e, então, se você não mudá-la, ele te surpreenderá. Logo, ao disparar mude sempre de direção para que o surpreendido não seja você – mas sim o inimigo.

3# Sempre usar o minimapa

Esse recurso também vai te ajudar a surpreender os adversários. O mais importante é reparar na direção das flechas que denunciam os companheiros de equipe (já que em situações normais o mapa não aponta onde os inimigos estão). Se a maioria das flechas dos seus amigos estão apontadas no sentido em que você está andando, ótimo – siga em frente. Agora, se elas apontam para o sentido contrário ao que você está tomando, é sinal de que, muito provavelmente, os inimigos estão nas suas costas. Então fique muito esperto. Atente para não olhar em demasia para o mapa e acabar esquecendo do jogo. Se isso acontecer, você fatalmente vai morrer sem ao menos perceber.

4# Escolha de attachments

Ao escolher os attachments você deve levar em consideração a categoria de arma que usa. Se você gosta de jogar com uma submachine gun, nosso conselho é para que opte pelo Laser Sight e Fast Mag (ou Extended Clip). Quando usa-se uma submachine gun, costuma-se travar batalhas a pequenas distâncias e, por conta da necessidade de reações rápidas que essa situação pede, muitas vezes o tempo para mirar ou recarregar pode determinar seu kill ou sua morte. Por isso esses attachments são ideais.

Já com uma Assault, aconselhamos os attachments FMJ e Long Barrel. Com esse tipo de arma, a situação de batalha costuma ser bem diferente da citada acima: médias distâncias e menos correria – por isso a escolha do Long Barrel. Como o damage das Assaults é maior do que a das submachines, em muitos casos vale a pena acertar os adversários pelas paredes e obstáculos – e o FMJ é perfeito para esse objetivo.

5# Escolha dos perks

Tente combinar os perks com seu estilo de jogo. Se você gosta de ousar e sair correndo feito um louco atrás dos adversários, use light weight + toughness + dexterity. Mas se prefere a cautela e as “fatiadas”, opte pelo hardline + scarenger + tactical mask. Lembrando que sem treino não existe mágica. Essas dicas vão te auxiliar a ser um melhor jogador, mas, citando Thomas Edison, “talento é 1% inspiração e 99% transpiração”.

Ps: Agradeço ao Duarte Launais, um dos melhores jogadores de Call Of Duty que tive o prazer de jogar, pela ajuda com as dicas.