5 lições de vida com “Bohemian Rhapsody”, o filme do Queen

Acabou de estrar no cinema “Bohemian Rhapsody”, um filme sensacional sobre a trajetória do Queen e a vida do Freddie Mercury. Para quem gosta de rock, é imperdível. A história da banda é incrível; a trilha sonora, óbvio, é um arraso; e os atores são muito bons, a começar pelo ator que interpreta Freddie, Rami Malek, que é o protagonista da série “Mr. Robot”. Esse cara é muito foda. Como é tradição no El Hombre, bora ver algumas lições de vida que “Bohemian Rhapsody” pode nos ensinar:

1# ENCONTRE SEU TALENTO E LUTE POR ELE

Sucesso depende sempre de trabalho duro. Mas quando você descobre o seu talento – e investe nele – o resultado é grandioso. Freddie Mercury nasceu para ser um cantor. O palco era o lugar em que ele se sentia mais vivo. Seu dom era extraordinário. E ele perseguiu esse sonho com todas suas energias. O resultado? Um dos maiores legados da história do rock.

2# CERQUE-SE DE PESSOAS INCRÍVEIS

O Queen não era apenas Freddie Mercury. Muito pelo contrário. A banda foi aquele sucesso estrondoso devido ao time. Brian May foi um dos maiores guitarristas de todos os tempos; e o mesmo podemos dizer do baixista John Deacon; e do baterista Roger Taylor. Eram talentos que se completavam. E – spoiler alert – quando Freddie arriscou na carreira solo, foi um fiasco porque não tinha seus velhos parceiros ao lado.

3# CUIDADO COM OS EXCESSOS

Além do talento fora da curva, Freddie era conhecido também pelos excessos em sua vida. É muito comum artistas do seu calibre entrarem nesse loop, basta ver a lista dos caras que morreram jovens: Jimi Hendrix, Kurt Cobain, Amy Winehouse, Jim Morrison e Janis Joplin, para citar alguns. Por isso, encontrar o equilíbrio na vida pessoal é tão importante quanto atingir o sucesso profissional.

4# SAIBA IDENTIFICAR SEUS AMIGOS VERDADEIROS

Spoiler pela frente, senhores. Como eu já comentei antes, Freddie num período deixou a banda de lado para investir na carreira solo. Ele se afastou dos amigos verdadeiros e passou a viver cercado de parasitas, que apenas queriam usufruir o lifestyle dele. Resultado? Foi uma das piores fases de vida de Freddie, que só voltou aos trilhos depois de perceber isso, se afastar das companhias tóxicas e se reconectar aos amigos reais.

5# SEJA AUTÊNTICO

Um dos momentos mais marcantes do filme é quando o Queen grava “Bohemian Rhapsody”, que para muitas pessoas é a maior música de todos os tempos. Na época, as rádios só tocavam canções de até 3 minutos e “Bohemian” tinha 6 minutos, por isso o executivo da gravadora não queria lançá-la como single. O que Freddie e a banda fizeram? Spoiler alert: mandaram o executivo se f*der e deixaram a gravadora. Não permitiram que a burocracia da gravadora interferisse na autenticidade do trabalho deles. O que aconteceu depois, é história.