6 bebidas que você precisa conhecer e experimentar

Recentemente, fui agraciado com um presente um tanto quanto diferente. Era uma vodka britânica.”Qual a estranheza nisso?”, você pode pensar. Bom, além de ser um produto importado, o que muito me agradou, a bebida tinha coloração escura. A vodka em questão é a Blavod.

Ela é escura devido a adição de Catechu, especiaria asiática extraída das Acácias comumente utilizada para dar coloração a alguns alimentos. A inserção desta especiaria, contudo, não altera o sabor da bebida.

Então, depois de receber este presente, comecei a relembrar algumas outras bebidas que não são tão difundidas no Brasil. Apesar disso, todas as listadas abaixo podem ser encontradas na internet e em algumas adegas mais completas.

Tem outras indicações, hombre? Há alguma bebida espetacular que você experimentou quando foi  conhecer o principiado de Andorra? Compartilha com os parceiros nos comentários.

Licor 43

1-lico43

Conta a história que durante o ano 209 a.C. quando os romanos conquistaram Cartagena, na Espanha, havia um licor conhecido como “Liqvor Mirabilis”, feito à base de ervas e frutas cítricas, que logo passou a ser exportado para Roma. O licor, no entanto, devido a seu sabor exótico e poder – digamos – afrodisíaco, logo passou a ser mal visto pelos romanos, que então ordenaram a destruição do estoque e de qualquer mecanismo de produção da bebida.

Mas e a receita? Bom, a receita foi passada de geração em geração até que uma pequena destilaria espanhola, chamada Diego Zamora S.A., reiniciou a produção da bebida.

O que faz deste licor uma bebida tão especial é a combinação de 43 ingredientes, entre especiarias e frutas cítricas, e o fato de poder ser saboreado tanto puro como em drinks.

Onde comprar? www.adegabrasil.com

Marie Brizard

marie-blizard

Marie Brizard é um fermentado à base de anis produzido na França. O Marie Brizard tem uma graduação alcoólica mais baixa se comparado à outras bebidas que também são produzidas à de anis, em torno de 25-30%, e não possui alcaçuz em sua composição.

Segundo os produtores, além do anis, a bebida leva também cerca de outros 10 ingredientes, entre frutas, plantas e especiarias.

Onde comprar? www.imigrantesbebidas.com.br

Ouzo

ouzo

Originário da Grécia, Ouzo (ou uzo como também é conhecido em português) é um aperitivo aromatizado com anis produzido a partir da fermentação da casca de uva e de graduação alcoólica, geralmente, alta.

Pode ser ingerido puro ou com água e, assim como o arak, atinge uma coloração leitosa quando em contato com a água.

Onde comprar? www.bancadoramon.com.br

Raki

raki

 

A Raki é considerada a bebida nacional da Turquia. Apesar de ser muito parecida com outras bebidas com anis, o Raki pode ser produzido de quatro formas: além da mais tradicional, com passas de uvas, pode surgir a partir da destilação de uvas frescas, pêssegos ou ainda figos.

Seu índice alcoólico beira os 50%. Além de pura, a bebida pode ser apreciada com água ou utilizada para fazer drinks.

Onde comprar? www.berfinimport.com

Slivovitz

slivovits

Bastante popular em países da Europa central e do leste europeu, a Slivovitz é um destilado feito à base de ameixas. É considerado similar ao conhaque e muitas vezes chamado por conhaque de ameixas. Sua graduação alcoólica beira a faixa de 40-45%, mas variedades mais artesanais podem atingir até 70%.

Apesar de não ser muito conhecida no Brasil, uma pequena destilaria mineira – Musa – produz atualmente um aguardente de ameixas sob o rótulo de Slivovitz. Resta saber se é parecido com produzido lá no leste europeu.

Onde comprar? www.baccos.com.br

Kirsch

1-kirsh

O Kirsch é resultado da dupla destilação de cerejas negras oriundas da Alemanha. Ao contrário do que pode parecer, este não é um licor doce. Apesar disso, ainda é possível notar em seu sabor a presença da cereja.

A bebida pode ser degustada tanto como aperitivo, como digestivo após o jantar. Este último modo é o preferido nas regiões de língua alemã.

Onde comprar? www.imigrantesbebidas.com.br