A Bristol vai voltar à ativa com o Bullet, esse roadster retrô animal

Thiago Sievers
Thiago Sievers Head de Parcerias

A Bristol é uma montadora britânica tradicional com mais de 70 anos. Contudo, a empresa não produz um carro sequer desde 2011, quando entregava o Fighter.

Eis, então, que os ingleses resolveram voltar à vida. Como? Com o Bullet, essa máquina retrô fantástica que viemos falar hoje e que inicia o projeto Pinnacle, que pretende colocar a Bristol de volta no mercado.

Bullet foi, na verdade, um avião que a empresa produzia no início do século passado e, mais tarde, na década de 60, foi também o nome de um speedster bem legal.

O incrível dessa nova máquina é que ela tem uma pegada visual da metade do século passado, mas com alguns detalhes de modernidade. Os caras acertaram na mão perfeitamente nesse design.

Incrível!

O motor que dará vida ao carro é um BMW 4.8 V8 que produz 370 cavalos. Essa potência levará a máquina a velocidade máxima de 250 km/h e a acelerar de 0 a 100 em 3,8 segundos.

O interior do carro carregará revestimento em couro marrom e terá uma tela multimídia centralizada no painel. Por conta de diversos componentes de fibra de carbono, o bólido pesará apenas 1.130 kg.

É um GT bem exclusivo!

O Bullet entrará em comercialização no começo do ano que vem pelo valor de £ 250 mil, o que dá quase R$ 1.1 milhão.

E aí, vale o investimento por essa belezinha?

bristol-bullet-01-1

bristol-bullet-02-1

bristol-bullet-08-1

bristol-bullet-10-1

bristol-bullet-11-1

bristol-bullet-06-1

bristol-bullet-09-1

bristol-bullet-04-1bristol-bullet-05-1