A lição de carreira #1 que o “Vovô Youtuber” ensina para nós

A grande história da internet brasileira em 2019 é a de Nilson Izaías Papinho, que ficou conhecido como o “Vovô Youtuber” depois de viralizar nas redes sociais esta semana.

Ele criou um canal em fevereiro do ano passado, no qual mostrava algumas cenas do seu cotidiano. Por exemplo, passarinhos no quintal, seu café-da-manhã, frutas no jardim… Até que, 3 semanas atrás, Nilson decidiu fazer uma slime — brinquedo caseiro em formato de geleca que virou febre no ano passado.

Depois de algumas tentativas, ele finalmente teve sucesso, e o vídeo viralizou com quase 8 milhões de views até o momento, ultrapassando a marca inacreditável de 2 milhões de likes. Olhem só:

Um dos motivos do vídeo ter bombado é a espontaneidade de “Vovô Nilson”. Ele vai fazendo a receita da slime com toda a calma do mundo, comentando as dicas que recebeu de seus inscritos, e diz que é o “dia mais feliz” da sua vida. Depois fica brincando com a geleca em estado de euforia. “Olha minha slime!”, ele fala. “Consegui! Não acredito, olha minha gente!”

O site Tecmundo fez um perfil de Nilson. É um senhor aposentado, que vive no interior de São Paulo com sua mulher e filho. Ele trabalhou 28 anos numa escola como zelador e porteiro. Depois da aposentadoria, criou o canal para se ocupar por sentia-se sozinho.

Talvez o fato mais curioso dessa história é que não foi um viral solitário: ele conquistou mais de 3,6 milhões de inscritos no canal nas últimas semanas. Tudo o que ele publica agora é um sucesso. E isso aos 72 anos de idade.

UMA LIÇÃO SOBRE PERSEGUIR OS OBJETIVOS

A realidade é que podemos aprender muito mais com o “Vovô Youtuber” do que a receita da slime. Sua história nos traz uma grande lição de carreira: não há limite de idade para perseguir um objetivo na sua vida.

Muitas pessoas com metade da idade dele se consideram “velhas demais” para adotar um novo hobbie ou mudar de trabalho. Enquanto isso, Nilson Izaías Papinho, um senhor de 72 anos, ficou gravando vídeo após vídeo no YouTube até conseguir fazer a danada da slime.

E a questão não é a viralização do vídeo, mas o empenho dele em acertar na receita. Talvez ele ficasse tão feliz com 800 views quanto com 8 milhões, porque sua meta não era bombar na internet e, sim, fazer o brinquedo. Ele se focou na trajetória, não no resultado.

Se o “Vovô Youtuber” foi atrás de um sonho dele aos 72 anos, o que está impedindo você de não fazer o mesmo com uma fração da sua idade? Fica a reflexão.

VÍDEO EM DESTAQUE