Você já se perguntou qual camisa é ideal para cada ocasião? O que faz uma camisa ter uma proposta mais formal ou mais informal? Essa é uma reflexão importante para que você possa vestir a peça mais adequada para o lugar que está indo. Sendo assim, vamos refletir sobre a proposta da camisa a partir de quatro pontos: barra da camisa; cor; estampa; material.

BARRA

Você já deve ter reparado que temos formatos diferentes de barra numa camisa. Quando essa barra é reta ou levemente arredondada, a ideia é usá-la para fora da calça. Agora, quando a barra tem uma “causa”, a proposta é utilizá-la para dentro da calça. Essa “cauda” tem justamente a intenção de alongar a camisa para prendê-la mais firmemente dentro da calça.

Mas isso é uma regrinha mais tradicional da moda masculina, porque hoje em dia a ideia é mais flexível e é possível encontrar camisas bem casuais com essa “cauda” servindo para uma proposta estética e não funcional.

Isso posto, quando for utilizar uma camisa de forma casual, para fora da calça, considere que o comprimento ideal é que ela termine na metade do zíper da calça ou, na parte de trás, na metade do bolso traseiro. Um pouco para cima um pouco para baixo disso tudo bem. Mas não deixe que fique muito distante dessas linhas.

ESTAMPAS

Quando falamos de formalidade e informalidade é importante ressaltar que quanto menos informação mais formal será a peça. Isso significa que as estampas adicionam casualidade às camisas. Então se você quer mais formalidade, escolha peças lisas. Se você quer mais despojamento, escolha peças estampadas. Também é importante destacar que quanto maior a estampa mais casual, quanto menor a estampa menos casual.

Ou seja, é possível encontrar uma camisa social estampada, mas essa estampa precisa ser muito discreta, como é o caso, por exemplo, de uma camisa azul listrada – conquanto que as listras sejam bem fininhas.

COR

Em relação às cores, a camisa mais formal que há no universo da moda masculina é a branca. Uma camisa branca lisa sem detalhes está no mais alto grau de formalidade. No outro extremo desse espectro está a camisa preta, que ainda oferece elegância, mas trazendo já bastante despojamento. E entre essas duas opções há outras variações, como você pode ver na ilustração abaixo.

MATERIAL

Quando falamos de material, geralmente as camisas sociais são produzidas a partir do algodão. Também é possível encontrar camisa social de outra fibra, natural ou não, como seda ou mesmo poliéster, por exemplo, mas é muito mais comum – ou recomendado por conta do conforto – de algodão. Mas não se deixe enganar atentando-se apenas à fibra, já que uma camisa jeans, por exemplo, também pode ser 100% algodão e nada formal.

É possível formar tecidos diferentes a partir de uma fibra. Então, para evitar uma conversa muito técnica, não é muito difícil reconhecer uma camisa social partindo do material: basta que tenha um toque leve e liso. Nada de camadas felpudas, grossas ou texturizadas, porque são todas características que adicionam casualidade às peças. Logo, camisa jeans, flanelada e mesmo a de linho oferecem despojamento para o look.

Para finalizar, precisamos ressaltar que é muito difícil – quando não impossível – adaptar uma camisa casual a uma ocasião formal. Isso deixará o seu look deslocado dentro do contexto em questão, ainda que as outras peças que você esteja usando sejam formais. Agora, uma camisa social dá para adaptar perfeitamente em um look mais casual. Basta pegarmos como exemplo um visual com camisa branca, calça jeans e tênis branco. Ótimo, não?

ARTIGO EM PARCERIA COM ENZO MILANO

A Enzo Milano oferece uma variedade enorme de camisas para você, das mais casuais às mais sociais. Visite o site www.enzomilano.com.br para checar as camisas deles e também outras peças, como calças, jaquetas, camisetas, bermudas e blazers. Não deixe também de acompanhar o perfil @enzomilano_no Instagram para ficar por dentro das novidades da marca!