Como ser uma pessoa mais autoconfiante

Conteúdo em parceria com Havaianas

***

Como ser mais autoconfiante? Essa é uma pergunta que, certamente, já passou pela cabeça de todos nós. E por uma boa razão. Quando confiamos em nós mesmos – e acreditamos em nossas capacidades – as pessoas ao nosso redor são contagiadas por essa energia. Como resultado, construímos relações pessoais (e profissionais) mais positivas.

Ninguém nasce com autoconfiança ilimitada, mas com uma boa dose de dedicação, todos podemos expandir a nossa “musculatura interior”, como dizia um grande filósofo grego. Hoje reunimos alguns conselhos de como se tornar um homem mais autoconfiante. É uma jornada longa, que requer esforço e paciência. Mas os benefícios valem a pena, pode acreditar.

ALTERE A MENTE ATRAVÉS DO CORPO

O corpo tem um efeito poderoso sobre a mente. Quando adotamos uma linguagem corporal positiva – com as costas eretas, evitando tiques nervosos, sem fugir do contato visual, por exemplo – isso fortalece a nossa autoconfiança. Uma pesquisa de Harvard revelou que, ao se posicionar fisicamente como um líder, o nosso cérebro acaba incorporando esse papel. Isso nos leva a tomar decisões mais arriscadas e a agir naturalmente como um.

Uma ideia é estudar os gestos dos personagens das suas séries e/ou filmes preferidos e tentar replicá-los no dia a dia. Qual é a postura corporal que eles adotam durante uma conversa de negócios? Como se sentam? Como repousam as mãos? São pequenos detalhes que, quando somados, têm um efeito muito grande. Preste atenção também à entonação da voz e ao ritmo da fala. O modo que você se expressa verbalmente é tão importante quanto as palavras que diz.

havaianas urban

@andre.mad com sua Havaianas Urban cinza e marrom

CUIDE DA SUA IMAGEM PESSOAL

Você já ouviu falar no conceito de imagem pessoal? Para resumir, é a perspectiva que temos de nós mesmos – e transmitimos para as outras pessoas, por meio de como nos vestimos, nos expressamos e agimos. As roupas têm uma influência muito grande nesse quesito. Por isso os consultores de imagem sempre recomendam o seguinte: “Vista-se para a ocasião”. Mas o que isso significa, exatamente?

É mais simples do que parece. Numa reunião de negócios, utilizar uma roupa que inspira seriedade vai te ajudar a chegar a um bom acordo. Mas se você adotar o mesmo visual num churrasco com os amigos, pode passar uma impressão negativa, como se fosse um workaholic que não sabe aproveitar os momentos de relaxar. É por isso que devemos refletir, sempre, sobre a imagem que queremos transmitir em cada situação social.

Além disso, um dress code inadequado tem potencial de abalar a nossa autoconfiança, pois ele vai fazê-lo se sentir deslocado no ambiente. Para lidar com essa situação, novamente sugerimos o uso de boas referências. Quem são as personalidades que você mais admira, seja do mundo dos esportes, do cinema, dos negócios ou em qualquer outra área? Pesquisa no Pinterest como elas se vestem em diferentes ocasiões sociais e siga-as no Instagram, para ter uma dose diária de inspiração.

NÃO SE COMPARE COM OS OUTROS

Devemos evitar o hábito tóxico de nos comparar com os outros. Isso só vai te colocar para baixo. Cada pessoa tem uma história de vida diferente. Não dá para ficar nivelando por uma mesma régua. Devemos ter sempre respeito pelas individualidades, incluindo a nossa própria.

Um dos maiores escritores da história, o americano Ernest Hemingway, certa vez disse o seguinte: “Não há nada nobre em ser superior ao seu semelhante. A verdadeira nobreza é ser superior ao seu antigo eu.” E quando ele fala “superior”, não cometa o erro de achar que estava falando de fatores externos, como ter um carro melhor ou um salário mais alto. Seu conselho é olharmos para dentro de nós mesmos. Evoluir nos aspectos emocional e intelectual. Assim você se sentirá mais forte para enfrentar os desafios da vida.

@pedronog relaxando de Havaianas Urban nós pés

FAÇA UMA LISTA DAS SUAS QUALIDADES

Todos nós temos pontos fortes e fracos. Ninguém foge dessa regra. A questão é que as pessoas autoconfiantes se concentram em suas qualidades, enquanto as pessoas mais inseguras costumam pensar muito nos seus defeitos. Faça uma lista dos seus pontos fortes e, sempre que estiver se sentindo para baixo, leia quantas vezes for necessário até se sentir melhor. Esse hábito vai ajudá-lo a modificar seu mindset.

Calma aí, isso significa que devemos deixar nossos pontos fracos de lado? Varrê-los para baixo do tapete? Certamente não. Só que agir é uma estratégia melhor do que lamentar. Se existe algo em você que te incomoda, crie um plano de ação para reverter esse quadro. Mas lembrando que as mudanças significativas levam tempo para acontecer. O negócio é “apressar-se lentamente.” Em outras palavras? Tome uma atitude o quanto antes, mas sem criar a pressão de atingir seus objetivos da noite para o dia.

SEJA GENTIL CONSIGO MESMO

Sabe aquelas pessoas que criticam todo mundo? Tem gente que é assim consigo mesmo. Se for o seu caso, está na hora de mudar de atitude. Seja mais gentil. Quando você errar, por exemplo, em vez de ficar se julgando, parabenize-se por ter tentado. Essa é uma mudança que pode parecer pequena, mas no longo prazo tem um impacto profundo em nossa autoestima.

Há basicamente duas maneiras de lidar com o fracasso. Uma delas é encarando o episódio como uma derrota. A outra? Como um aprendizado. Como você acha que os grandes inovadores da humanidade agiam, tais como Steve Jobs ou Thomas Edison? O próprio Edison comentou o seguinte sobre o processo da invenção da lâmpada: “Eu não falhei. Apenas descobri 10 mil maneiras que não funcionam.”

NUNCA PARE DE APRENDER

O conhecimento nos proporciona confiança. Imagine-se numa roda de amigos. Quanto mais você dominar o tema que está sendo discutido, mais tranquilo ficará ao expressar suas opiniões, concorda? Então adote uma mentalidade de aprendizado contínuo. Leia livros, assista documentários, faça cursos. Apenas não fique obcecado. Os momentos de entretenimento são importantes para relaxar e recarregar as energias. O equilíbrio é sempre a melhor resposta.

Não se esqueça, também, de viver sempre novas experiência, como viajar ou praticar hobbies diferentes. Elas vão fazê-lo se sentir um homem mais interessante – e, de fato, você será. Pessoas com uma vivência ampla desenvolvem uma espécie de magnetismo social. Você tem boas histórias para contar, bons conselhos para oferecer, boas opiniões para compartilhar. Quem não quer ter alguém assim ao seu lado? Desde que essas virtudes sejam temperadas, é claro, com uma boa dose de humildada, pois adotar uma postura arrogante é a maneira mais segura de afastar as pessoas de você.

CONTEÚDO EM PARCERIA COM HAVAIANAS

Nós do El Hombre nos reunimos com a Havaianas para fazer uma série de conteúdos sobre desenvolvimento pessoal para os nossos canais. Fique ligado que em breve tem novidade! Nas imagens que acompanham o texto, o André Mad e o Pedro Nog estão de Havaianas Urban nos pés durante as gravações para o YouTube. Essa é uma linha casual da marca, com tiras largas de couro e uma sola mais encorpada, fazendo dela uma excelente opção para visuais urbanos. Quer saber mais? Acesse o site www.havaianas.com.br ou visite a loja mais perto de você!