fbpx

Destaques das finais da NFC/AFC e nossos palpites para o Super Bowl 51 // ESPECIAL NFL

Pedro Nogueira
Pedro Nogueira Editor-Chefe

Faltam 13 dias, 10 horas e 9 minutos. Ou menos, dependendo do horário em que você estiver lendo esta matéria. Mas não vamos nos prender a números, certo? O fato é que o Super Bowl 51 está chegando aí. No dia 5 de fevereiro, às 21:30, veremos o New England Patriots e o Atlant Falcons lutarem pelo título de campeão da NFL da temporada 2016/17. Vamos aos destaques das finais de conferência e, depois, aos nossos palpites para o duelo. 

NFC: ATLANTA FALCONS 44 VS 21 GREEN BAY PACKERS

Os 71 mil torcedores que foram ao Georgia Dome, em Atlanta, presenciarem um verdadeiro massacre do Falcons sobre o Packers, numa noite em que nada deu certo para o time de Green Bay.

A vitória foi definida logo no primeiro tempo, com o Falcons abrindo 24×0 com três touchdowns e um field goal. A defesa do Packers ficou completamente perdida contra o melhor ataque da NFL.

VEJA OS HIGHLIGHTS
VEJA OS HIGHLIGHTS

Matt Ryan, o maestro de Atlanta, terminou a partida com nada menos do que 392 jardas aéreas, 4 passes para touchdown, 1 touchdown na corrida e nenhuma interceptação. E o que dizer do wide receiver Julio Jones, com suas 180 jardas percorridas e 2 touchdowns?

O Georgia Dome, que recebeu sua última partida do Falcons, pois o time terminou de construir seu novo estádio, não poderia ter tido uma despedida mais memorável. Esse título da NFC sem dúvida vai entrar para a história da equipe.

AFC: NEW ENGLAND PATRIOTS 36 VS 17 PITTSBURGH STEELERS

Sem surpresa: em 2017 veremos, mais uma vez, Tom Brady e o New England Patriots no Super Bowl. Eles foram campeões da conferência AFC no domingo depois de dominarem o Pittsburgh Steelers do início ao fim da partida.

Desde que Brady foi draftado pelo time, em 2000, esta será a sua sétima disputa do Super Bowl. E, se vencer, ele se consolidará definitivamente como o maior quarterback da história.

16114565_10154737671851263_5700830862087213650_n
VEJA OS HIGHLIGHTS

A vitória do Patriots sobre o Steelers no Gillette Stadium foi orquestrada pelo camisa 12, que somou 384 jardas aéreas e 3 passes para touchdown, sem nenhuma interceptação. Uma performance digna do seu talento. Outro destaque do time foi o wide receiver Chris Hogan, com 180 jardas percorridas e 2 touchdowns.

Foi uma vitória tranquila, sem que o Steelers oferecesse muito perigo, especialmente depois do seu melhor jogador da temporada, o running back Le’Veon Bell, se lesionar ainda no primeiro quarto.

SUPER BOWL: PATRIOTS VS FALCONS (domingo, 5 de fevereiro, às 21:30)

De um lado o New England Patriots, o time mais dominante da NFL nas últimas duas décadas, que disputou o Super Bowl em 6 ocasiões e venceu em 4 neste período.

Do outro lado o Atlanta Falcons, cujos jogadores estão perto de fazer história e conquistar o primeiro título nacional do time.

De uniforme azul há Tom Brady, 39 anos, considerado por muitos o melhor quarterback de todos os tempos. Se ele ganhar seu 5o anel do Super Bowl, vai se isolar como o maior vencedor em sua posição, deixando o lendário Joe Montana para trás.

De uniformo vermelho há Matt Ryan, 31 anos, favorito para ganhar o prêmio de MVP (jogador mais valioso) da temporada 2016/17. Ele tem a chance de fechar a temporada com chave de ouro e mostrar para todos que é um dos melhores quarterbacks da sua geração.

O Patriots tem a defesa menos vazada da temporada, o Falcons tem o ataque mais eficiente. Quem vai levar a melhor no Super Bowl 51?

Só esperando para ver, mas nosso palpite é que o Patriots é um time superior no geral e Brady não vai deixar o recorde dos 5 anéis escapar de suas mãos, ainda mais porque este pode ser seu último Super Bowl, já que ele está com 39 anos.

kv-nfl-30-08