fbpx

Empresa carioca desenvolve um Tinder para cachorros

Pedro Cohn
Pedro Cohn Diretor de Negócios

Se você pode usufruir da tecnologia para arrumar uma parceira, por que seu cachorro não deveria poder o mesmo?

Foi esse o raciocínio que um trio de amigos teve para criar o DogsApp. Carol Rezende, Henrique Freitas e Thainã Monteiro fundaram uma empresa carioca para dar origem ao Tinder dos cachorros.

A ideia do aplicativo é a mesma do programa que está bombando há muito tempo: promover paqueras. A única diferença é que a paquera nesse caso é entre cachorros.

Então seria cruzamentos.

O mecanismo é o mesmo: dar “match” nos perfis que lhe agradam e passar os que não chamam a atenção. No perfil é possível ver a foto do animal, sua localização, raça, sexo idade e peso.

Ah, claro, e se o bichinho está disponível para cruzar.

E a ideia não é apenas unir os cachorros – mas também seu donos.

Espertinhos, não?

“Sempre víamos pessoas com um ar solitário caminhando pela orla da Zona Sul com seus cães. Percebemos que havia uma oportunidade de negócio”, disse Freitas em entrevisto ao O Globo.

Por enquanto as fotos são apenas dos cachorros. Mas quem sabe o pessoal não resolve evoluir o aplicativo e também colocar foto das donas? Um duble date não seria nada mal.

O aplicativo tem a intenção de, em breve, oferecer também informações sobre serviços para os animais de estimação, como petshops, veterinários, hotelzinhos e etc.

Se interessou? É só baixar. O app é gratuito. Mas se você usa iOS terá que esperar mais um pouco, pois o aplicativo ainda está em desenvolvimento para iPhone.