Este aqui talvez seja o melhor time na história da NBA

Pedro Nogueira
Pedro Nogueira Editor-Chefe

Golden State Warriors. Se você não acompanha basquete, talvez não conheça o nome. Realmente, o GSW não é um dos times mais famosos da NBA, como Los Angeles Lakers e Chicago Bulls, que ultrapassaram a barreira do esporte e viraram um símbolo da cultura pop.

Mas saiba que, talvez, o Golden State Warriors de 2015/16 seja o melhor time na história da NBA.

Para começo de conversa, um breve resumo da franquia, ok? Ela nasceu em 1946 como Philadelphia Warriors; em 1962 se mudou para São Francisco (nas ligas dos EUA isso é comum) virando San Francisco Warriors; e uma década depois, em 1971, enfim adotou o nome Golden State Warriors, em homenagem ao estado da Califórnia.

Em 1947, 56 e 75 eles foram campeões da NBA. Então entraram num jejum de 30 anos que foi quebrado apenas agora, em 2015, ao derrotar o Cleveland Cavaliers de LeBron James na final.

Mas por que, afinal, algumas pessoas estão dizendo que o GSW 2016 é o melhor time na história da NBA?

RECORDE(S) HISTÓRICO(S)

scottie-pippen-1996-bulls

A resposta está nos números. O GSW está prestes a bater um dos recordes mais icônicos e absolutos da NBA: o número de vitórias na temporada regular. Em 95/96 o Chicago Bulls de Jordan e Pippen cravou 72 vitórias e 10 derrotas. Nunca algum time chegou, antes ou depois disso, à marca de 70 jogos ganhos.

Hoje, no entanto, o GSW está na seguinte posição: 61 e 6. Faltam 15 jogos para a temporada regular chegar ao fim. Eles podem se dar ao luxo de perder 3 partidas e ainda assim quebrarão o recorde. Levando-se em consideração que eles estão perdendo 3 jogos a cada 30 este ano, seria uma grande e inesperada zebra a estatística mudar agora.

Mais alguns recordes? Eles estrearam com 24 vitórias seguidas, sendo que o recorde anterior da NBA era de 15. Por sinal, não foi apenas um recorde no basquete, mas em todas as ligas profissionais dos EUA — beisebol, hóquei e futebol americano também. Jogando em casa já são 50 vitórias consecutivas, a melhor sequência desde que a NBA foi criada.

Claro, existem outras estatísticas relevantes além destas — e outros times gigantes além do Bulls de 95/96. Tipo o Lakers de 86/87 com Magic Johnson e Kareem Abdul-Jabbar no esquadrão. Discussões sobre o melhor da história, no final, sempre acabam tendo um fator subjetivo no meio. Mas apenas o fato do GSW estar sendo comparado a tais times históricos já diz muita coisa. Os caras estão sobrando hoje na NBA.

FORÇA DA EQUIPE

why-the-golden-state-warriors-are-perfectly-set-up-to-be-a-juggernaut-for-years

A força do GSW está na equipe consistente. Foi assim que eles derrotaram os Cavaliers nas finais de 2015, quando LeBron brilhou em quadra, mas isso não foi o suficiente para  levar o troféu a Cleveland. Eis o time titular e suas principais estáticas da temporada:

  • Stephen Curry (armador): 30,5 PPJ – 6,4 APJ – 5,3 RPJ
  • Klay Thompson (ala-armador): 21,9 PPJ
  • Harrison Barnes (ala): 13,6 PPJ
  • Draymond Green (ala-pivô): 11,3 PPJ – 7,4 APJ – 9,7 RPJ
  • Andrew Bogut (pivô): 7,2 RPJ

As siglas significam Pontos Por Jogo (PPJ), Assistências Por Jogo (APJ) e Rebotes Por Jogo (RPJ). Há, ainda, um reserva de luxo chamado Andre Iguodala, que foi eleito o MVP (Jogador Mais Valioso) nas finais de 2015. E uma curiosidade? Existem dois brasileiros no time do GSW: o armador Leandrinho e o ala-pivô Anderson Varejão.

FATOR CURRY

usa-today-9065694.0

Não dá para discutir que a grande estrela desta jornada épica do GSW tem nome: Stephen Curry. Eleito o melhor jogador da NBA em 2015, ele com certeza repetirá o feito em 2016 pois seus números estão cheios de recorde, também.

Existe no basquete uma métrica chamada PER (sigla para “player efficiency rating”) que mede a eficiência dos jogadores. É um cálculo complexo que inclui pontos, assistências, rebotes, vitórias, minutos jogados, etc. Se Curry mantiver seus números (32,35) vai quebrar os recordes de Jordan (31,71), LeBron (31,67) e Wilt Chamberlain (31,82).

Já quando o assunto são os arremessos de três, é unanimidade: Curry é o maior da história. Em 2015 ele já quebrara o recorde de cestas da NBA e, agora, voltou a fazê-lo em 2016.

Magic Johnson disse, no Twitter, que “Curry tem a chance de ser o maior de todos os tempos se mantiver o nível pelos próximos 4 ou 5 anos”. Eu acho que ainda é cedo para compará-lo a Jordan, que tem 6 títulos e 5 MVPs. Uma longa estrada separa os dois; Curry está apenas com 1 título e 1 MVP. Mas que ele está fazendo uma temporada histórica, assim como o seu GSW, isso não dá para negar.