Em nossa nova aventura de escape — veja aqui as outras — decidimos encarar um desafio: a sala Alcatraz, do Escape Time, considerada a mais difícil de São Paulo. Apenas 5% dos jogadores conseguem sair dela. A história é a seguinte:

Na manhã de 12 de junho de 1962, três detentos fugiram da Prisão Federal de Alcatraz, em São Francisco, nos Estados Unidos: os irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris, considerado o mentor do plano. Usando uma colher para cavar a grade do duto de ventilação da cela eles despistaram os guardas com cabeças feitas com páginas de revistas e perucas nas camas.

Mesmo jurando ser inocente por um assassinato, você foi acusado e sentenciado à morte na cadeira elétrica. Em 1 hora a sentença será executada na prisão mais segura do mundo, Alcatraz. Mas existe uma esperança. Seguindo as pistas deixadas pelos três fugitivos, você conseguirá sair da prisão. Encontrar a saída depende só de você!

Desta vez o time estava desfalcado. Fomos apenas em 5 pessoas: eu, o Lex, a Bárbara, o Gui Cury e a Deisi. Em nossos jogos anteriores, estávamos em mais gente, o que ajudou bastante. São mais cérebros procurando pelas pistas e tentando solucionar os enigmas.

Mas isso não seria desculpa em caso de derrota, afinal, a equipe da casa disse que o recorde de Alcatraz era de um casal sozinho!

A preparação para a sala é muito bacana. Não vou contar, para não estragar a surpresa de ninguém. Mas posso dizer que surpreende, viu? É um diferencial e tanto. O cenário também ficou incrível. Parece que você está numa cela de verdade, super elaborada.

O pessoal do Escape Time dá ao time um rádio para comunicar com eles. Você pode pedir 3 dicas (caso queira entrar no ranking dos vencedores) ou até mais, caso não ligue para isso. O nosso objetivo inicial era ficar nas 3, mas quando sentimos na pele a dificuldade da sala, acabamos usando uma meia-dúzia.

590283-970x600-1

Um fator que complica muito é a poluição visual do cenário. As paredes são todas rabiscadas como numa prisão e encontrar as pistas reais, em meio a tantas falsas, é uma batalha. Além disso os enigmas são bem desafiadores e criativos, você precisa pensar fora da caixinha para solucionar vários deles.

Se ganhamos? Hum… Não e sim. Calma, vou explicar! A realidade é que estávamos na última senha quando o tempo terminou, com 75% do enigma resolvido. Se tivéssemos mais 1 minuto, literalmente, daria certo. Na prática, então, perdemos e todo mundo foi executado. RIP.

Mas o Gui jura que quando fomos soltos dentro na sala, já tinha passado 1 minuto do relógio. Portanto vamos recorrer o resultado ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) para sair da partida com 3 pontos. Enquanto o STJD não dá seu parecer, no entanto, o placar agregado é blogueiros 2 x 1 escape rooms de São Paulo.

O Escape Time, que fica no Brooklyn e foi inaugurado no final de fevereiro, tem outras três salas: “Z-Vírus – The Living Dead”, “Quarto 66 e os segredos templários” e “1 Contra Todos – FOX”. Estamos bem animados para conhecê-las também, porque “Alcatraz” é realmente extraordinária.

SERVIÇO

  • Site: www.escapetime.com.br
  • Telefone: (11) 4324 0050 das 14:00 as 22:00
  • Whatsapp: (11) 99619-2584
  • Endereço: Av. Nova Independência, nº 1056, Brooklin, São Paulo