Natal

Já conferimos: “Tudo Bem No Natal Que Vem”, da Netflix

É meu amigo, você piscou os olhos e o fim de ano chegou! Parece que era ontem você reclamando da uva passa no arroz que sua tia preparou, né? Eu sei que 2020 não foi um ano fácil pra ninguém, e para dar uma amenizada nesse clima tenso, a Netflix apresentou o seu mais novo filme: “Tudo Bem No Natal Que Vem”, com Leandro Hassum.

Com essa chegada “repentina” de dezembro, o que nos vem à mente é sempre a mesma coisa: a correria do Natal. É pensando nesta data que o longa explora o melhor (e o pior) de nossa comemoração. Com uma história fiel a tradições brasileiras, o filme consegue arrancar muitas gargalhadas com situações que você certamente já passou no natal, e ainda consegue emocionar com uma bela lição de vida. Abaixo você confere mais detalhes sobre essa nova e divertida produção brasileira.

A HISTÓRIA DO FILME

Depois de levar um tombo no dia 24 de dezembro, o rabugento Jorge desmaia e acorda um ano depois sem lembrança do que se passou. Ele logo percebe que está condenado a continuar acordando na véspera de Natal, ano após ano, tendo que lidar com as consequências do que seu outro “eu” fez nos demais 364 dias. Com isso, ele terá que aprender (ou conviver) com essa triste realidade, já que ele odeia o Natal. Além de Leandro Hassum, temos no elenco Elisa Pinheiro, Miguel Rômulo, Arianne Botelho, Louise Cardoso e Danielle Winits.

Natal
Jorge (Leandro Hassum) indo às compras natalinas sob o calor infernal do Rio de Janeiro

O QUE ESPERAR DE “TUDO BEM NO NATAL QUE VEM”?

Não é de hoje que já estamos acostumados a filmes de Natal, certo? Sempre é aquele cenário com bonecos de neve, muitas roupas de veludo e canções de “Jingle Bells” nas janelas. Mas cá entre nós, sabemos que nossa comemoração no dia 25 de dezembro não é bem assim. Seguindo nossas tradições e nosso “jeitinho brasileiro”, o filme explora uma bela história usando como tema o natal. Por isso, separamos 5 motivos para você correr e conferir a nova comédia da Netflix:

1 – O MELHOR DO BRASIL, É O BRASILEIRO: só o nosso natal tem um clima tropical escaldante, não é mesmo? O filme brinca com essa situação, além de mostrar que adoramos um calor humano e reunir a família toda em volta da mesa. Entre brigas e piadas sem graça, o importante é estarem juntos. Com isso, fica divertido acompanhar cada peculiaridade que vemos na família do filme, que pode facilmente ser encontrada na minha, na sua e na de todos os brasileiros.

2 – HUMOR NA MEDIDA CERTA: não é de hoje que Leandro Hassum nos faz rir com seus personagens engraçados. Mas, o ponto primordial em Jorge, de “Tudo Bem No Natal Que Vem”, é perceber o quanto o ator está a vontade em cena. Tudo fica muito hilário e real ao mesmo tempo, arrancando boas e longas gargalhadas com cada situação. Além disso, o elenco todo está em sintonia, gerando momentos divertidíssimos! #épavêoupácomê

Natal
Ho Ho Ho! – Jorge fazendo a alegria das crianças como Papai Noel em cena do filme

3 – UMA PRODUÇÃO DIGNA DE HOLLYWOOD: já que é algo sobre nós, nada mais justo do que ser o mais próximo da realidade, certo? É simplesmente espetacular o cuidado e atenção de toda a produção por trás do filme em deixar tudo “abrasileirado” como deve ser. É importante ressaltar que o filme começa em 2010, e apresenta detalhes da época, como enfeites natalinos dos anos 90 (mas que sempre são reutilizados). Além disso, a atenção com cortes de cabelo, maquiagem e figurino dos personagens (que vão se atualizando no decorrer dos anos) é um deleite aos olhos para os mais atentos.

4 – ROTEIRO LEVE, MAS BEM EXPLORADO: podemos dizer que o filme é quase uma ficção científica com saltos no tempo. Mas não daquelas que você precisa quebrar a cabeça para entender. Aliás, a trama é bem construída e feita para todos. Pode assistir com seus pais, com seus filhos, com seus tios ou com a família reunida, onde todos vão entender facilmente a história e captar a essência que o filme quer passar – além de dar muitas risadas.

5 – O VERDADEIRO ESPÍRITO DO NATAL: por mais que pareça clichê, o filme entrega uma bela mensagem que se encaixa perfeitamente no espírito natalino brasileiro. Será impossivel não se identificar com Jorge e se emocionar com sua trajetória. Perdão, afeto e a importância de momentos em família (sejam eles a curto ou a longo prazo) sempre vão fazer a diferença em sua vida. Portanto, aproveite cada um deles e nunca deixe para o ano que vem!

OBS: só para lembrar, “Tudo Bem No Natal Que Vem” já está disponivel na Netflix!