O melhor investimento que você pode fazer com R$ 10 por mês

Pouco tempo atrás, escrevi um texto aqui no El Hombre falando que o melhor investimento que um homem pode fazer é nele próprio. Em outras palavras? No seu desenvolvimento pessoal e profissional, porque o retorno é de um valor incalculável.

No texto eu cito três maneiras excelentes de investir em si mesmo, sendo que a primeira é expandir seu conhecimento. Isso faz você se destacar na carreira e, acima de tudo, levar uma vida mais plena e feliz.

Por isso quero compartilhar com vocês hoje, senhores, uma descoberta que mudou a minha vida. Eu não estou exagerando. Ela se chama Philos, uma espécie de Netflix dos documentários. E já aviso que este não é um texto patrocinado por eles, hein?

EXPANDINDO O CONHECIMENTO

Há várias maneiras de adquirir conhecimento. As minhas preferidas são (1) livros e (2) documentários. Adoro cursos, palestras e workshops também, só que aí o investimento financeiro costuma ser mais elevado. Então acabo focando mais nos dois primeiros no dia-a-dia.

Em relação aos livros, recomendo a todo mundo usar o Kindle, o leitor de e-books da Amazon. Não custa caro. Tem a partir de R$ 219 no site da Amazon. Ou, se você preferir, ele possui também um app gratuito para smartphone e tablet.

A vantagem do aparelho, na minha opinião, é que evita as distrações. Não vai ficar aparecendo notificação do WhatsApp, Instagram e companhia na tela, como acontece no celular. Então ajuda a se concentrar.

Por que o Kindle é tão fantástico? Você tem acesso a milhares de livros, dos mais diversos assuntos, a um clique de distância. Outra vantagem? Os e-books são mais baratos do que os livros físicos, porque não precisam de impressão ou transporte.

LIVROS E DOCUMENTÁRIOS

Eu uso o Kindle há anos, por isso sempre me senti satisfeito em relação aos livros. Mas eu tinha muitas dificuldades em encontrar essa mesma variedade no mundo dos documentários. Foi aí que conheci a Philos.

No Netflix até que existem alguns títulos. Mas acho o acervo de documentários deles muito pequeno e com pouca pluralidade de assuntos. Já vi alguns excelentes lá sobre guerra. Mas de filosofia ou artes, por exemplo? Pouquíssimo.

Eis que chegamos ao Philos. Ele é um canal com mais de 500 documentários sobre praticamente todos os assuntos: artes, biografias, ciência, filosofia, história, atualidades, etc.

Eu assino Vivo TV em casa, mas não tinha Philos no meu pacote e liguei lá para incluir. Só que para isso, eu teria que fazer um upgrade e assinar o maior pacote deles, que é caro demais.

Sendo assim, fui buscar uma alternativa e descobri que você pode assinar o Philos diretamente. Custa R$ 9,90 ao mês nos 12 primeiros meses e, pelo o que entendi, sobe para R$ 14,90 depois.

Onde você encontra tanta informação de qualidade por um preço tão baixo? Caramba, é muito barato.

ACERVO DE FILOSOFIA

Eu comecei a assinar o Philos há umas duas semanas. Desde então, assisti uma série incrível de filosofia da BBC sobre Confúcio, Sócrates e Buda.

Todos viveram em torno de 2,500 anos atrás e revolucionaram o mundo com suas ideias. Até hoje os ensinamentos deles continuam incrivelmente atuais para quem busca desenvolvimento pessoal.

Um detalhe interessante é que os três filósofos falavam muito sobre a importância do conhecimento em nossas vidas. Só assim, segundo eles, para você evoluir como pessoa.

Por isso, senhores, eu recomendo fortemente a todo mundo assinar o Philos. Não existe investimento melhor que você poderia fazer com R$ 9,90 por mês. Pelo menos até onde eu sei. Se alguém tiver outras sugestões, seriam muito bem-vindas.

O único problema do Philos, na minha opinião, é que o app de iPhone não faz transmissão para o Chromecast, o aparelho do Google que transmite as imagens do celular para a TV. Mas contornei o problema usando um app gratuito chamado TV Cast, um navegador tipo o Safari ou Chrome, que transmite qualquer vídeo de um site para a televisão.

VÍDEO EM DESTAQUE