O PokerStars está montando uma seleção de futebol

Pedro Nogueira
Pedro Nogueira Editor-Chefe

Qualquer time do planeta seria abençoado em ter Cristiano Ronaldo em seu elenco.

Eleito três vezes o melhor jogador do mundo pela FIFA, em 2015 ele novamente brilhou, apesar de fechar a temporada sem títulos.

Foram 48 gols no Espanhol, número que rendeu a CR7 a artilharia do torneio, e 10 na Champions League, o recorde empatado com Messi, que pode ultrapassá-lo na final contra a Juventus.

Agora o craque português está de casa nova.

Mas calma, ele não deixou o Real Madrid: apenas uniu-se ao time de estrelas do PokerStars, que já contava com Ronaldo Fenômeno e Neymar.

Ou seja, é um ataque digno de Champions League.

Se um dia o PokerStars decidir expandir os negócios e montar um time de futebol, não será fácil segurá-los.

Ainda mais com o incansável Rafael Nadal no elenco, que apesar de brilhar nas quadras de saibro, é um atleta fenomenal e quase virou jogador de futebol profissional, se não fosse pelo tênis.