Por que a confiança é essencial na relação amorosa

Confiança é imprescindível em um relacionamento.

Se você não confia em quem está com você, já aviso que nunca terá uma relação feliz. Aquele que não tem confiança nos outros, não pode também pedir que confiem nele.

Algumas vezes a outra pessoa pode não ser confiável mesmo, outras vezes o culpado pode ser você.

Quem já foi machucado uma vez – e todos nós já fomos – tenta de todas as formas se proteger de futuras rasteiras. É muito mais fácil lidar com o que já conhecemos do que se aventurar pela vida e achar uma nova dor.

E novamente voltamos a estaca zero: você nunca terá um relação de verdade se não aprender a confiar.

Você já parou para pensar em como se sente sua parceira se você não confia nela? O que quer que tenha acontecido no seu passado deve ficar para trás, não é justo a atual pagar pelo erro de outra. Você não vai querer se dar mal no futuro porque alguém do seu passado foi idiota o suficiente para te trair, certo?

Querer provas de que o outro é confiável não é viável. O problema é que quanto mais esforço solicitado, menos naturalidade nas atitudes.

Confiar é inexplicável, é intuitivo, não é algo que se possa dar ou cobrar de alguém. Carlos Drummond de Andrade disse que “a confiança é um ato de fé, e esta dispensa raciocínio”.

Ou você tem ou não tem.

Ela é contagiante. A falta dela também.