Quanto você deve poupar ao mês?

Esta é uma pergunta que ronda a cabeça de todos. Como eu vou saber quanto exatamente eu devo poupar?

Bom, a sugestão comum, conservadora e que não matou ninguém até hoje é poupar 10 a 20% do que você ganha no mês. Para quem ganha 2 000 reais, isso significa 200 a 400 reais – não é tanto, é? Dá para gastar isto brincando em uma noitada ou, às vezes, comprando uma camisa.

Mas, como vamos mostrar mais para frente, esta poupança mensal pode ser o diferencial entre você se tornar um aposentado milionário ou afundado em dívidas.

Os livros que recomendei no artigo Como economizar dinheiro? apresentam dezenas de tabelas que mostram o quanto você ganharia poupando tanto desta forma e tanto daquela forma. Eu vou reproduzir aqui apenas os dois extremos, para vocês saberem que o resto está entre eles:

  • Poupando 10% do seu salário todo mês (sem colocar o 13°) e ganhando 8% ao ano no seu investimento (pouco mais do que um CDB/CDI), você levará 33,3 anos para se aposentar. Relembrando o conceito, aposentar-se com investimentos quer dizer que você não precisará mais trabalhar para se sustentar, pois seus investimentos lhe darão o equivalente ao seu salário.
  • Poupando 40% do seu salário todo mês (sem o 13°) e ganhando 20% ao ano, você se aposentará em 9,8 anos.

Mas, David, como raios eu vou conseguir poupar 40% todo mês?

O exemplo de 40% é para aquela época em que você está trabalhando, mas ainda está na casa dos pais, e os seus gastos são mínimos. Ou para aqueles que, mesmo casados, ainda não têm filhos, ganham muito bem e sobra bastante dinheiro.

A decisão é sua a respeito de quanto poupar. Não quero induzir ninguém a fazer penitência, com voto de pobreza, para virar milionário em dez anos, principalmente porque ninguém sabe quando vai morrer. E se você morrer depois de cinco anos, e não aproveitou a vida por causa disso?

O importante é definir um valor percentual que seja confortável para você e para a sua família, que lhe permita desfrutar da vida (sem exageros, também, né?) e garantir o seu futuro. É a partir daí que se define quanto poupar.