7 lutas de boxe que fizeram história

Ao contrário do MMA, o boxe não vive seus dias de glória ultimamente. Mas na noite de 26 de agosto, uma luta histórica será realizada em Las Vegas que certamente chamará a atenção do mundo todo.

Enfim foi confirmado o duelo entre Floyd Mayweather (o melhor boxeador da sua geração, que havia se aposentado invicto em 2015 aos 38 anos) e Conor McGregor (o principal astro de MMA da atualidade).

Será que aos 40 anos Mayweather ainda tem poder de fogo para enfrentar um adversário 12 anos mais novo? E será que McGregor tem habilidade para derrotar um boxeador no ringue, sem a possibilidade de chutar e ou aplicar imobilizações?

Não bastasse o crossover entre as categorias e a habilidade indiscutível dos lutadores, há ainda outro ingrediente para deixar a luta mais emocionante: ambos são incrivelmente polêmicos e adoram trocar farpas entre si.

Em aquecimento ao combate,  Felipe Piccoli fez uma lista com 7 lutas de boxe que também marcaram época:

JACK JOHNSON X JAMES JEFFRIES

QUANDO: 4/7/1910

VENCEDOR: Jack Johnson

Considerada a primeira “A Luta do Século”, o confronto que opôs o negro Jack Jonhson e o branco James Jeffries ultrapassou os conceitos do esporte. Antes do embate, Jeffries disse que provaria que “os brancos eram melhores do que os negros”.

Aos gritos racistas de “mate o negro”, Johnson venceu contra a torcida e seu adversário. Ele conseguiu a vitória por desistência de Jeffries. Com a vitória de Johnson, os negros foram às principais ruas da cidade para comemorar o resultado. Houve confrontos com a polícia e o saldo foi de 25 mortos.

ROCKY MARCIANO X JOE LOUIS

QUANDO: 26/10/1951

VENCEDOR: Rocky Marciano

Rocky Marciano, o primeiro campeão invicto dos pesos pesados, teve aqui o primeiro grande desafio da sua carreira: enfrentar o Joe Louis. O encontro entre as lendas do boxe durou oito assaltos e terminou com vitória de Marciano. A luta marcou a despedida de Louis dos ringues.

JOE FRAZIER X MUHAMMAD ALI

QUANDO: 8/3/1971

VENCEDOR: Joe Frazier

Esta foi a primeira derrota de Muhammad Ali em sua carreira de profissional. Fato que deu início a uma das maiores rivalidades da história do boxe. Os dois lutadores chegaram invictos para o embate. Joe Frazier manteve a sua invencibilidade com decisão unânime depois de 15 assaltos.

MUHAMMAD ALI X JOE FRAZIER

QUANDO: 28/1/1974

VENCEDOR: Muhammad Ali

A revanche entre os dois rivais pugilistas demorou três anos para acontecer. Então vencedor do primeiro embate entre ambos, Frazier havia perdido o título mundial para George Foreman, e Ali buscava voltar ao topo mundial.

O vencedor seria o próximo desafiante de Foreman. Ali conseguiu a sua vingança com uma vitória por decisão unânime dos juízes depois de 12 rounds. No ano seguinte eles fechariam a trilogia, com uma nova vitória de Ali, agora por nocaute.

MUHAMMAD ALI X GEORGE FOREMAN

QUANDO: 30/10/1974

VENCEDOR: Muhammad Ali

Valia o título e Foreman era favorito por ser o então campeão e também sete anos mais novo. Ali estava empolgado e confiante para conquistar novamente o título mundial. Conseguiu. Mas não foi fácil. Ali passou boa parte da luta apoiado nas cordas, aceitando os golpes. Depois de oito rounds, com Foreman cansado, Ali soltou uma forte direita e tomou o cinturão do adversário.

EVANDER HOLYFIELD X MIKE TYSON

QUANDO: 28/06/1997

VENCEDOR: Evander Holyfield

É a famosa “Luta da Mordida”, que marcou o fim da era Tyson no boxe. Desde a derrota para James “Buster” Douglas, o pugilista não conseguia apresentar a mesma eficiência que o fizera campeão mundial.

Antes desta luta, Tyson já havia perdido para Evander Holyfield, fato que deixava ainda mais dúvida quanto a sua capacidade naquele momento. E a luta comprovou que Tyson estava no fim da carreira. Em clara desvantagem no ringue, Tyson mordeu as orelhas do rival por duas vezes e foi desclassificado.

BÔNUS: EDER JOFRE X ELOY SANCHES

QUANDO: 18/11/1960

VENCEDOR: Eder Jofre

Este foi o dia em que o Brasil festejou seu primeiro título mundial de boxe pelas luvas do lutador Éder Jofre. O adversário foi o mexicano Eloy Sanches.

No 6º assalto, Éder acerta um forte golpe em Sanchez, que, apesar da força, consegue se manter de pé. Ainda no mesmo assalto, o mexicano acabaria por receber outro certeiro, e, no chão, iria admitir não ter mais condições de lutar. Vitória do brasileiro e o título inédito no boxe.