Essa antiga profecia pode ter a resposta de como “Game of Thrones” vai terminar

A briga pelo Iron Throne está perto do fim. Quando Daenerys chegar a Porto Real com seus três dragões, os Imaculados, os Dothraki e a frota de Yara Greyjoy, nem a zaga titular do Corinthians poderia segurá-la.

Como ainda restam duas temporadas da série, provavelmente a 7ª será focada nas últimas batalhas pelo trono e a 8ª na guerra contra os White Walkers.

Mas como tudo vai terminar? Temos uma teoria. E desculpe, amigos, mas ela envolve novamente a morte do Jon Snow.

CASAMENTO DE JON E DAENERYS

Quando Cersei for derrotada, em algum momento Daenerys vai querer um marido para governar Westeros ao seu lado, certo?

Ninguém melhor do que o Rei do Norte para o cargo. Com eles se casando, o reino seria unificado e pacificado, o que é bom para todo mundo. Dificilmente Jon entrará em guerra contra Daenerys pelo Iron Throne, mesmo que ele descubra ser um Targaryen, porque ele sabe que isso significaria muitas mortes desnecessárias.

Com um novo casal real em Westeros, aí seria a hora de encarar os White Walkers.

Na primeira vez que eles apareceram, oito mil anos antes da série, quem os derrotou foi um herói lendário chamado Azor Ahai.

Foi necessário um grande sacrifício para chegar à vitória.Ele forjou uma espada mágica — a Luminífera — que adquiriu seus poderes após Ahai cravá-la no peito de Nissa Nissa, sua própria esposa, com o consentimento dela.

A alma e bravura de Nissa Nissa se fundiram ao aço da espada, e com ela Azor Ahair conseguiu salvar a humanidade.

azor-ahai-a-song-of-ice-and-fire-3437825-905-521

PROFECIA DO AZOR AHAI

Diz uma profecia que “depois de um longo verão, quando a escuridão e o frio maligno descerem sobre o mundo, o Príncipe Prometido empunhará novamente a Luminífera para lutar contra os White Walkers.”

Muitos fãs de “Game of Thrones” acham que Jon Snow é a reencarnação do Azor Ahai e que, possivelmente, a história vai se repetir com Daenerys morrendo no lugar de Nissa Nissa.

Faz sentido. George R.R. Martin já disse que a série terminaria de maneira feliz, porém “agridoce”, com um toque de amargura. Essa teoria se encaixa perfeitamente na descrição de Martin.

Mas não seria muito óbvio?

UM FINAL GLORIOSO PARA JON

Se as pessoas esperam que a história do Azor Ahai se repita fielmente, eu acho que George R.R. Martin não será tão literal assim.

Nossa aposta? Se oito mil anos atrás a esposa se sacrificou, dessa vez será o marido. Daenerys é a versão moderna do Azor Ahai e Jon Snow da Nissa Nissa.

O fato é que Jon Snow é o grande herói de “Game of Thrones”. Há vários personagens principais, mas ele é o principal. Sendo Stark e Targaryen, Jon é a própria “canção de gelo e fogo”, como a série original dos livros é chamada.

E haveria final mais glorioso para Jon do que o sacrifício de morrer para dar vida a uma espada mágica que salvará Westeros? Acho isso bem mais interessante do que ele no Iron Throne, envelhecendo e engordando como Robert Baratheon até morrer na cama.