fbpx

16 provas de que Eduardo Jorge é o maior ser humano vivo

Pedro Nogueira
Pedro Nogueira Editor-Chefe

Eu nunca tinha ouvido falar em Eduardo Jorge até baixar o “Voto x Veto”. Apelidado de “Tinder das Eleições”, ele é um aplicativo onde conhecemos as propostas dos candidatos antes de ver seu nome. Você pode “votar” ou “vetar” a ideia sem preconceito e, depois, o programa faz um ranking dos presidenciáveis que têm a ideologia mais parece com a sua.

Numa corrida em que falam apenas de Dilma, Marina e Aécio – deu Eduardo Jorge para mim. Me ocorreu a pergunta óbvia: “Raios, quem é esse cara?” Fui pesquisar e, então, compreendi que eu não era um caso único. Apesar de ele ter menos de 3% das intenções de voto, Eduardo Jorge tornou-se um hit das eleições.

Por quê? Enquanto os principais candidatos apresentam uma agenda conservadora, Eduardo Jorge não tem medo de defender mudanças mais radicais (e há tanto tempo desejadas pela sociedade) como a legalização da maconha e liberação do aborto. Não bastassem as suas propostas, quando o assunto é personalidade, ele também é uma das figuras mais interessantes – no bom sentido – da política nacional.

Alguns meses atrás apresentei, aqui no El Hombre, 20 provas de que David Luiz era o maior ser humano vivo. Você continua sendo um monstro, David, mas desculpe-me: atualmente esse título merece estar nas mãos de Eduardo Jorge, por 16 motivos:

1# Ele defende a legalização da maconha

Eduardo Jorge (11)

A economia do crime gira, no Brasil, em torno especialmente das drogas. Como dar um basta nisso? Para Eduardo Jorge, a resposta é legalizar a maconha. “E você teria uma condição de tratar com as pessoas que querem usar de uma forma adulta”, diz ele.

2# Ele quer liberar o aborto no Brasil

Eduardo Jorge (14)

Em teoria, o aborto não é liberado no país. Mas na prática, milhares de mulheres já fazem isso, colocando a sua saúde em risco, pois a operação é feita em clínicas ilegais — ou até mesmo em casa. O que Eduardo Jorge pretende é dar o suporte médico adequado a elas. Nada mais justo, certo?

3# Ele não tem rabo preso com os religiosos

Eduardo Jorge (8)

Os pastores têm muito poder no Brasil, pois a bancada religiosa é imensa. Então os candidatos do mainstream costumam aliar-se a eles, para conseguir seus votos. Mas, em troca, acabam negligenciando temas como os já citados acima “aborto” e “legalização”. Alguém precisa lembrá-los de que vivemos num país laico.

4# Ele é espirituoso e bem humorado

edu

A autoironia é um dos traços da pessoa segura. Eduardo Jorge está muito bem servido neste quesito. Um exemplo? Uma garota disse para ele no Twitter: “O senhor é muito lindo.” A resposta? “Você está louca, querida.”

5# Ele se veste como um de nós

Eduardo Jorge (17)

No filme “Advogado do Diabo”, já dizia o velho chifrudo: “A vaidade é meu pecado predileto.” Os figurinos de Aécio e Dilma são tão impecáveis que chegam até a dar repulsa. Nada como ver Eduardo Jorge, que usa as roupas velhas de seu irmão, vestindo-se como nós.

6# Ele tem aquela barba sensacional

Eduardo Jorge (3)

Um crítico chegou a dizer para ele no Twitter: “Se você quer sair do 0%, deveria fazer a barba, para afastar a estigma de doidão.” O que Eduardo Jorge respondeu: “Mas que mundo é esse onde as pessoas ainda são estigmatizadas pela barba?” Merece uma salva de palmas.

7# Ele é vegetariano

Eduardo Jorge

E quer incentivar a prática no Brasil. Por quê? “A alimentação vegetariana é mais saudável, portanto vai ser mais saúde, menos doenças e menos dinheiro que eu vou gastar no SUS com você.”

8# Ele responde seus fãs no Twitter

Eduardo Jorge (10)

Já tivemos 2 exemplos disso aqui no texto, no caso do “lindo” e da “barba”. Mas estas são apenas gotas no oceano. O fato é que no Twitter, Eduardo Jorge está sempre respondendo e dando atenção aos seus fãs. Ou seja, ele realmente ouve as pessoas.

9# Ele anda de bicicleta e transportes públicos

Eduardo Jorge (4)

Um dos maiores problemas das grandes cidades brasileiras é o excesso de carros. Quem mora em São Paulo ou no Rio de Janeiro sabe o nível insuportável ao qual o trânsito chegou. A solução – provada por muitos países europeus – são a bicicleta e os transportes públicos. Eduardo Jorge lidera pelo exemplo: em vez de simplesmente elogiá-los, realmente os usa sempre que possível.

10# Ele é um modelo perfeito para memes

Eduardo Jorge

Não dá para fazer um texto sobre Eduardo Jorge sem uma pitada de bom humor, né? Então ponto para ele por ser um modelo perfeito para memes hilários.

11# Ele realmente pensa no meio ambiente

Eduardo Jorge (16)

Obviamente, muitos candidatos têm propostas ambientais em sua agenda. Afinal, a sustentabilidade é uma das maiores questão do planeta hoje. Mas não é à toa que Eduardo Jorge foi escolhido pelo Partido Verde para representá-lo na corrida presidencial: ele realmente vê a questão do meio ambiente como um tema prioritário do governo.

12# Ele é um defensor dos animais

edu (2)

O vegetarianismo já diz tudo sobre a sua atitude perante os animais. Mas depois de aparecer com um cartaz contra os rodeios, ele nos conquistou de vez.

13# Ele tem uma cadela linda chamada Karinin

Eduardo Jorge (5)

Pessoas que têm cachorro são mais enérgicas, um estudo já provou. Só isso explica a capacidade multitask de Eduardo Jorge para fazer comícios, participar de debates, conceder entrevistas – e, ao mesmo tempo, responder os fãs no Twitter. Se alguém quiser melhorar o país, haja energia. Isso ele tem de sobra.

14# Ele usa caneta Bic

Eduardo Jorge (2)

Os médicos costumam ser adeptos da elegante — e caríssima — caneta Montblanc. Mas existe coisa melhor do que uma Bic? Eficaz e barata. Ninguém precisa mais do que isso. Eduardo Jorge, apesar de ser médico por formação, não cede à pressão social e escreve de Bic, mesmo. Mais um atestado de sua simplicidade.

15# Ele tem o melhor jingle das eleições

edu (1)

O que, alguém falou em Grammy? Uma curiosidade é que o jingle não é oficial da sua campanha: foi um presente.

16# Ele bebe

Eduardo Jorge (9)

“Não confio em quem não bebe”, diz uma famosa máxima. Então pode tirar Eduardo Jorge desta lista, pois ele não apenas bebe, mas admite publicamente isso.