Psicologia

Como a psicologia pode ajudar a melhorar sua liderança?

Estudar a mente humana é algo que os grandes líderes costumam fazer. Seja lendo livros, ouvindo palestras ou se matriculando em cursos, conhecer mais sobre psicologia ajuda a exercer uma boa liderança, principalmente no ambiente de trabalho. Se você não sabe por onde começar, separamos dicas de como melhorar certas atitudes e se tornar uma figura mais inspiradora.

Aprimore suas técnicas de negociação

Quem está envolvido com negócios sabe a importância de ter uma boa articulação. Desenvolver um approach eficiente ajuda muito na hora de fechar acordos com novos clientes, fornecedores e investidores. Para fazer isso com competência, é preciso entender bem a pessoa com quem você está lidando, sempre estando atento aos sinais.

Psicologicamente falando, existem algumas estratégias que você pode usar para as negociações fluírem melhor:

  • Compartilhar interesses mútuos: Se um cliente pede um desconto e você não pode oferecer, talvez pareça que seus interesses estão em conflito. Para evitar isso, tente compensar com outros caminhos, fazendo o cliente entender que você não pode ceder o que ele pede, mas que é possível oferecer outra coisa. Se ele criar empatia com você, o negócio pode ser bom para os dois lados.
  • Ceder/receber: Caso você queira que a outra parte te conceda um favor, você deve dar algo antes de pedir. Isso cria um cenário favorável a você, pois parecerá que você está com “crédito”, se tornando mais fácil pedir o favor depois.
  • Usar pausas: Quando acontecer algum desentendimento e houver silêncio, não seja o primeiro a quebrá-lo. Ele te dá a chance de pensar mais e pode levar o outro a agir com uma concessão mais favorável para você.

Dê moral à sua equipe

Existe um pensamento equivocado de que dinheiro é o suficiente para motivar as pessoas. Na verdade, é necessário saber ao certo o que estimula cada um, para que todos se sintam bem e trabalhem melhor. Algumas atitudes podem ser tomadas para apoiar seus funcionários:

  • Escuta ativa: Tente sempre ouvir aquilo que alguém tem a dizer com foco total, entendendo e prestando atenção nos detalhes. Não deixe que seu julgamento pessoal afete sua percepção daquilo que está sendo dito.
  • Feedback positivo: Parabéns são sempre bem-vindos por todos. Porém, quando for elogiar alguém, evite algo genérico como “você trabalha bem em equipe”. Dê ênfase às situações específicas que te agradaram. Assim, o funcionário vai saber exatamente no que ele acertou.

Saiba direcionar a força de vontade

Nem todos sabem, mas a força de vontade é algo limitado. Se você gastar tudo planejando uma viagem, por exemplo, vai sobrar pouco para outras situações. Tente sempre usá-la em grandes decisões, sem gastar tudo em pequenas ocasiões.

O livro “A Força da Vontade”, do psicólogo Roy Baumeister com o jornalista John Tierney, te ajuda a conhecer quais são os seus limites e como entender essa limitação natural. Nele, é possível saber desde como dormir melhor até o máximo de coisas para as quais você deveria dar atenção por dia.

Aplique a psicologia nas pequenas atitudes

A grande influência da liderança está nos detalhes. Com simples ações, você consegue motivar bastante as pessoas. A psicologia ajuda justamente nisso, auxiliando no entendimento de cada mente e aproveitando o melhor nas habilidades de cada um. É sempre importante ouvir os profissionais da área, pois aplicando essas lições, será possível ver cada um entregando o melhor que pode.

LEITURAS COMPLEMENTARES:

Matérias do El Hombre relacionadas ao assunto que você pode gostar também: