Como se tornar o DJ da galera

E cá estamos iniciando mais um ano. E se foi chato ter que assistir mais uma vez o show do Roberto Carlos na TV e ter ganhado meias de presentes daquela sua tia que adora perguntar “e as namoradas?” na ceia de Natal, saiba, nobre hombre, que o seu verão pode ter histórias boas para contar.

Uma delas é a de que você foi o DJ da galera durante a estação das festas.

Mas não me venha com aquele aparelho de som que roda os cds velhos que você gravou e nem com aquele simples pen drive.

Estamos falando de som de verdade, que anima muito mais a galera – ainda mais a mulherada.

Para isso, fomos atrás de um especialista no assunto: o DJ Leo Cury.

O cara é um dos grandes nomes da cena house nacional, já se apresentou em importantes clubs e festas como Café de La Musique, Lotus, Pacha, Royal, Target, no navio oficial da Ministry of Sound MOB e na Pink Elephant.

E recolhemos com ele umas dicas de como você pode ser “o” cara nas suas festas de em 2015. E o melhor: considerando todos os tamanhos de bolso.

Então já pode começar a pensar na lista de convidados, no tema da festa e nos drinques, porque a balada vai rolar.

Agora dá uma olhada no bate papo que tivemos com o Leo.

Leo, o que o DJ iniciante deve fazer para não errar na hora da mixagem?

Dar uma boa treinada antes da festa em casa. Porque o cara que está começando fica empolgado e eufórico, vai para a festa junto com os amigos e ainda não sabe realmente como tocar.

Então ele precisa treinar bem a mixagem – para não ficar feio de sair tocando e errar as trocas das músicas -, saber quais músicas irá escolher e qual o tipo de festa que ele vai dar. E como muita gente vai para a balada e conhece música eletrônica, fica mais fácil de o público perceber quando o DJ erra.

Mesmo com os softwares de computador que ajudam na mixagem, o DJ precisa estudar bem o assunto, até para não misturar músicas que não combinam no mesmo set.

E como montar um bom set list para agradar a todos os gostos?

Depende muito da festa e do horário que ele irá tocar. Eu, por exemplo, se estou tocando no começo da festa procuro algo mais calmo, sem grandes hits para a festa ficar mais longa. Porque se o cara começa a tocar todos os hits cedo acaba queimando a largada.

Qual a melhor forma de começar e encerrar o set?

Para um momento de pista mais cheia, o ideal é optar por músicas mais para cima. Se é numa hora com menos gente o melhor é um som mais calmo.

Sabemos que os DJs colocam efeitos e brincam muito com o público durante os sets. Mas como fazer para não chamar tanto a atenção?

Tudo o que é demais e forçado não vai bem. E o público percebe que o cara está querendo chamar muita atenção. Um efeito de vez em quando é bom, mas o DJ tem que saber usar esses recursos na hora certa.

Quando a pista está bombando, o que o DJ pode fazer para manter o pique da galera?

Eu dou uma passeada pelas músicas que bombam muito e pelas que nem tanto. Porque se você só tocar as que bombam uma atrás da outra o público não vai aguentar o pique de ficar pulando e dançando por tanto tempo. Até porque, nesses momentos, com as músicas menos famosas, o baladeiro pode chegar na menina para conversar e o DJ acaba dando essa força também! E a pista ainda fica cheia.

Quais as músicas que prometem bombar no verão e que nosso DJ não pode deixar de tocar?

Indico nesse TOP 5:

  1. Lilly Wood & The Prick – Prayer In C
  2. Coldplay – A Sky Full Of Stars
  3. Oliver S & Jimi Jules- Pushing On
  4. Tom Odell – Another Love
  5. Michael Calfan – Treasured Soul

Se interessou em dar uma de DJ, leitor? Então dá uma olhada nas dicas de aparelhagem que o Leo nos deu.

INVESTIMENTO PEQUENO

dj-3-el-hombre

Para o hombre que quer brincar com os amigos naquele esquema mais amador de quem quer aprender a tocar, o kit da Philips M1X DJ é o indicado. O aparelho se conecta ao Ipad e já vem com as caixas de som.

E o que o torna ainda mais bacana é que foi desenvolvido pelo TOP DJ Armin Van Buuren – eleito 5 vezes o melhor DJ do mundo. É diversão nível melhor DJ do mundo para você se sentir em um grande festival.

INVESTIMENTO INTERMEDIÁRIO

dj-4-el-hombre

Se você já é um pouco mais entendido das mixagens e tem uma graninha a mais, o DJ Leo Cury recomenda o kit da Pioneer DDJ-SX2. É um equipamento bem próximo do que se encontra nos clubs e vem com tudo integrado.

Nesse caso o hombre vai precisar também de caixas de som e de um computador para conectar o programa necessário para rodar as músicas.

INVESTIMENTO ALTO

dj-5-el-hombre

Agora, se ao contrário do crescimento do PIB em 2014, a sua conta bancária rendeu muita grana neste ano e você quer esbanjar nas festas do verão com um equipamento mais TOP, é só optar pelo par de CDJ-2000 com mixer DJM-900 da Pioneer – além das caixas de som.

Numa dessa, sua festa fica tão famosa que você começa a cobrar ingresso para curti-la. Aí os baladeiros acabam te ajudando a repor essa verba na sua conta.